Problemas com a Intercultural – parte 1

Bem, eu já tinha prometido há algum tempo e agora, aproveitando o tempo que eu tenho aqui no trem, vou escrever o que aconteceu entre mim e a Intercultural e porque não recomendo a ninguém viajar pela mesma.

Primeiramente eu gostaria de pedir desculpas aos amigos leitores. Eu sei que muita gente vem aqui pra poder dar risadas, pra poder aprender mais sobre as minhas viagens e coisas do tipo. Mas, cara, desculpa, é que às vezes dá vontade de desabafar, saca? Não posso deixar passar em branco. Tenho que utilizar o único meio que disponho, o blog, pra poder dar um recado pra galera.

Eu ficaria muito grato se vocês gastassem um pouquinho do tempo pra ler isso. Se quiserem mais detalhes, podem perguntar depois. Eu só não quero me alongar muito e ter um texto, na medida do possível, conciso.

Mais uma vez volto a reiterar. Se você for de Brasília, utilizem os serviços da Intercultural de lá. As gerentes são duas amigas que estudei junto na UnB e elas fazem um trabalho realmente muito bom. Todas as vezes que precisei de ajuda das meninas de Brasília nunca me foi negado nada. Meu problema foi quando eu não pude contar com a filial de Brasília e tive que conversar com a nacional. Leiam e entendam o que digo.

2 comentários em “Problemas com a Intercultural – parte 1

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s