Bombardeio polaco!

Assim que cheguei a Varsóvia depois da viagem com Gosia, voltei para casa para poder tomar banho, trocar de roupa etc. e tentar descansar um pouco.

Missão impossível!

No caminho de casa, parei numa lan house pra acessar internet e ver o que estava acontecendo de bom em Varsóvia e para poder me interar do que poderia ocorrer pela noite. Ninguém parecia que ia sair.

Tudo bem que era uma noite de terça-feira, mas isso não é motivo pra desperdiçar uma noite de terça-feira em casa. Numa esperança vã de que algo pudesse ocorrer, deixei o meu telefone na comunidade do Couchsurfing de Varsóvia e disse que se caso alguém quisesse sair que era só me dar um toque.

Voltei para casa já sem esperanças alguma de que algo de bom fosse ocorrer e me conformando com meu destino de definhar sozinho em casa, numa terça a noite sozinha e melancólica em Varsóvia. Nem Casseta & Planeta passava na televisão de lá às terças-feiras, acredita? Quando estava no banho, meu celular recebeu uma mensagem. Fui checar pra ver quem era e qual não foi a minha surpresa ao perceber que era alguém me chamando pra sair. O figura se identificava como Mário (que Mário? Os menos cautelosos perguntariam) e dizia que procurava alguém pela noite de Varsóvia para poder pirar! Senha perfeita para me fazer sair correndo de casa e me tocar na noite! Já diria o Silvio Santos: “Certa Resposta”.

Liguei para um brasileiro que havia conhecido por lá e fomos.

Assim que chegamos, procuramos pelo Mário e já encontramos o cara amaciando um polaquinha. “Cabra safado” – pensei! O bicho era figura demais, nos falou que ia ficar umas três noites em Varsóvia e ficamos logo amigos. Depois de algum tempo conversando com ele, descobrimos que aquela mina que ele tava arroxando nada mais era que a pessoa que o hospedava em Varsóvia e que eles haviam se conhecido a menos de duas horas. Viva a Polônia e a integração “Latinos-Leste Europeu”.

A balada era tão louca que só pra vocês terem uma ideia do que eu tou falando, deu só uns dez minutos que estávamos na balada e uma mina veio APAVORANDO pra cima do outro brasileiro!!! Literalmente jogou o cara na parede e começou a abusar do pobre menino indefeso!! Sem falar nada!! Sem perguntar nada!! Assim, quase como um estupro! A diferença é que era um estupro levado a cabo por uma polaca fogosa! O menino levou uns cinco segundos pra realmente entender o que estava acontecendo e quase ficou gritando socorro!! Depois se acostumou com a ideia e acho que acabou gostando. O único problema era que a mina, apesar de olhos azuis e cabelos castanhos, devia pesar uns 90 quilos. Mas enfim, importante é a pontuação!

Enquanto essa mina arroxava o cara e o Mário a sua host, eu, sem ter muito o que fazer, fui pegar uma cerveja e meio que me “ambientar” na balada (pô, brother, eu não tava acostumado com essas coisas. Tudo isso tinha acontecido em menos de quinze minutos!). O brasileiro depois de um tempo, despachou a mamute lá e ficamos conversando por um momento. Do nada uma outra mina parou e ficou nos encarando. Eu, sem entender nada fiquei observando. Ela olhou, olhou, depois de uns dois minutos veio falando em portunhol com a gente: “Ei, vocês são brasileiros? Eu adoro o Brasil, viajei a América do Sul inteira e pá pá pá…”, resumindo, pagando um pau absurdo pra gente!! Eita, vumbora! Enquanto ela conversava com a gente, veio uma amiga dela mais bonitinha ainda e começou a conversar. Puxei a mina pra dançar (só um detalhe, a balada tocava salsa. Se eu sei dançar salsa? Ah, brother! Aprendi pela estrada… Papagaio que anda com pato ou aprende a nadar ou morre afogado) e quando parecia que tudo ia dar certo, o celular da amiga dela tocou e elas disseram que tinham que ir embora… Mermão, e toda essa epopéia tinha acontecido em menos de quarenta e cinco minutos!! A primeira balada que saía a noite na Polônia e tudo acontecia assim, meio que atropeladamente.

Estou escrevendo isso pra vocês não é pra ficar tirando onda ou algo parecido, mas só pra ambientá-los um pouco mais nessa loucura que foram esses dias em que fiquei em Varsóvia e dar a entender por que gostei tanto desse país encravado no meio da Europa. Esse início só não foi melhor do meu começo na Austrália. Outras baladas como essa ocorreram, mas não vou entrar em muitos detalhes sobre elas, até porque acho que ficaria muito maçante.

Mas Claudio? Você postou toda essa história pra contar de umas minas que atacaram vocês em Varsóvia? – você deve estar se perguntando

Claro que não, amigo!! Não acabou ainda, depois de sair da balada que foi a melhor parte… Mas isso é assunto pro próximo post…

14 comentários em “Bombardeio polaco!

  1. uheuheuheueh eu moro em portugal, e sei do que voce ta falando 😛 tanto as alemas, como as francesas\holandesas\polacas\britanicas veem passar ferias no verao aqui e sao na maioria desse jeito xP mas me diz uma coisa, as coisas sao muito caras na polonia?

    Curtir

  2. comentário maldoso acima rsrs ¬¬

    tão levando muito a sério aquele comentário de torcida da galera para ele se fuder no final xD

    Curtir

  3. <><>Maranhense porra!!!!!!
    Mil desculpas pela demora em postar aqui. Li não sei aonde lá embaixo que você estava sentido pela queda nos acessos e falta de comenários. Saiba que o Senhorfere meus sentimento assim, afinal foi durante este período de “baixa” que minha singela pessoa começou a comentar frequentemente em vosso blog. Mas tudo bem. Perdô-o.

    hehehehehhe

    Prometo que vou comentar os posts passados, só para dar mais IBOPE ao companheiro viajante.

    E sobre o post, o fato de tu “dançar” salsa até vai. Com toda essa malemolência maranhense é fácil de dar um jeito. Agora a polaca dançando salsa deve ter sido um espetáculo. Se no samba, que é mais fácil, os bixos parecem robos…

    hehehehehehe

    Abraços<><>

    Curtir

  4. <><>Ahhhhh…. esqueci.

    Tu por acaso viste a reportagem de capa deste mês (Maio) da revista Superinteressante?

    Estão falando sobre a Índia (sempre ela…), por causa da repercursão tanto do filme do Oscar, tanto da novela a Globo.

    Enfim, caso não tenha como ver, me ê um toque que eu te envio-a. Queria ver tu comentar algo a respeito.
    <><>

    Curtir

  5. kra vc ta quase me convencendo a ir a polonia com esses posts sabia?

    claro, que é por causa dos castelos,catedrais, clima legal, cultura,hosts…HIAUIAHia

    serio msm, juro!

    ps: maranhão foda-se se gabe mermo AUIHiua, despeito da porra 😛

    ps2: uiHAIUhAU o brazuca com a mamute,
    errou por quantidade,mas acertou por qualidade, diga ae vei. vc não concorda?
    as vezes mais ( ) é melhor ke menos ()

    vide coração gelado xD

    Curtir

  6. Se tudo isso aconteceu num terça-feira de noite imagina a pegada da balada de sábado…

    TODO MUNDO PELADO….rs!!!!

    Tem certeza que vc num foi prum inferninho???

    Curtir

  7. Qual o nome do lugar onde voce fez essa noitada?? é uma informação mtttt importante para a galera q esta indo pra la.
    O blog estava em baixa de comentários, mas acredito q mts leem, eu nao perco uma postagem acompanho igual novela rsrsr.
    E com certeza seu blog é cultura e mtt, estou aprendendo várias coisas, inclusive conheci o CS aki.
    Abçs

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s