Enquanto os gatos dormem, os ratos fazem a festa. Ou a pauta bomba

Enquanto coxinhas ficam pedindo recontagem de votos, como se o nosso sistema eleitoral fosse um lixo qual o estadunidense, criando abaixo assinado pelo impeachment da Dilma e petralhas mandando beijin no ombro e sambando na cara das recalcadas, o Congresso Nacional vai lentamente fazendo o que saber fazer de melhor. Enquanto o governo vai tentando se recompor desse cenário de terra arrasada pós-eleições e de alguma forma dar algum tipo de resposta aos clamores de mudança em uma eleição que quase foi sapecado, o Legislativo vai devagarinho transformando o Poder Executivo em refém.
É tão simples que chega a ser bobo. O Executivo precisa dar alguma resposta para a sociedade. Se ele faz isso baseado em interesse próprio e eleitoreiro ou realmente quer mudança, não vem ao caso. O fato é que o governo efetivamente quer propor mudanças. Todas as mudanças passam pelo Congresso, que sabe que essa é a hora certa de pôr os dentes de fora e pegar a sua fatia do bolo.
Apesar de você estar aí todo pimpão com a derrubada dos conselhos sociais (ou bolivarianos, para ficar mais fácil para os coxinhas lembrarem), essa derrubada foi basicamente um recado. Enquanto entramos em recessão técnica e precisamos de equilibro fiscal, o Congresso prepara a sua pauta bomba de aumento de gastos que de interesse social não tem nada: Obrigação do governo em executar as emendas parlamentares dos deputados (depois digite emendas parlamentares + corrupção no Google), aumento de salário do Judiciário para que marotamente eles possam ultrapassar o teto do funcionalismo, flexibilização das dívidas dos estados dos municípios e, claro, aumento dos próprios salários ano que vem porque ninguém é de ferro.
Enquanto você está aí feliz porque está batendo sua laje, nosso amigo vai explicar porque os pobres dos juízes precisam de um auxílio-moradia de 4800 reais.
Nos bastidores Henrique Alves, o mesmo do escândalo do bode galeguinho onde o único punido foi o pobre do bode, sem emprego ano que vem após perder a disputa de governador, articula de toda forma para conseguir espaço no próprio governo, quem sabe um Ministério. Renan Calheiros quer obrigar o governo a apoiá-lo na presidência do Congresso novamente. Candidatos derrotados querem garantir a sua boquinha a partir do ano que vem mantendo os seus apadrinhados no governo.
Galeguinho dando uma nova forma à expressão

Todos esses nossos amigos podem fazer isso na maior tranquilidade pois sabem que se tudo der errado, o salário está no bolso e quem vai responder pelo baixo crescimento e descontrole das contas públicas é o Executivo mesmo. É aquela vida boa que todo mundo que tem irmão pequeno sabe que ele tinha. Ele podia quebrar qualquer coisa na casa que quem ia responder era o irmão mais velho. Até Waldemar da Costa Neto, PRESO em regime semi-aberto por causa do mensalão, aproveita que só precisa passar a noite em sua hospedaria e durante o dia aproveita para conspirar contra o governo e comandar o seu partido já de olho nos cargos e ministérios de 2015. Só lembrando que o seu partido é o PR, partido do primeiro governador preso da História, Arruda, e que quase foi eleito governador em Brasília.

Enquanto ficarmos como idiotas achando que grande parte dos nossos problemas estão no Presidente e elegendo tranqueiras para o Congresso, tudo vai ficando da forma que está. A questão não é ser contra criticar o Presidente. Não, isso é mais do que certo. A questão é que de uma extrema burrice querer colocar a culpa pelo descontrole dos gastos públicos, baixo crescimento, rebaixamento do Vasco, criação da Fanta Maçã, o cunhado folgado que não sai do sofá, e tudo mais que for errado na sua vida no Presidente do país como se ele fosse um rei absolutista.
Melhor do que compartilhar qualquer coisa do Lobão

Acho que as pessoas poderiam aproveitar todo esse fervor político, discutir coisas úteis e que realmente são problemas nesse país e não o que o Aécio faz no fim de semana no Rio ou quantos dedos o Lula tem na mão. Ou propor separar o Nordeste e transformar Minas em um lago.

Gostou do post? Então curta nossa página no www.facebook.com/omundonumamochila para sempre receber atualizações.
Quer entrar em contato direto com o autor ou comprar um livro? Clique aqui e tenha acesso ao nosso formulário de contato!
Quer receber as atualizações direto no seu e-mail? Cadastre-se na nossa mala direta clicando na caixa “Quero Receber” na direita do blog
Se gostou das fotos, visite e siga nosso Instagram para sempre receber fotos e causos de viagens: www.instagram.com/omundonumamochila

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s