Momentos de Tensao no Ping Pong tailandês

Cumpade, depois das bolinhas, elas começaram a entreter outros caras que chegaram. Rapaz, mas foi dez minutos depois. Veio uma mulher de paletó preto e calças sociais, de dentro do bar, com sangue no olho! Ela veio pra gente e falou que depois de nos “divertimos com as meninas”, deveríamos pagar a conta!

No final, pra fechar ainda com chave de ouro, nos voltamos ao bar pra rever a galera. Apareceu entao uma gorda IMENSA (essa de rosa) e comecou a dar um mole absurdo pro Turco. O bicho nao se fez de rogado, foi dormir abraçado com a mina e ainda saiu tirando onda. Essa noite foi bizarra.

– Uai, mas peraí, nos já pagamos a conta! Nós já pagamos os 100 baths – argumentamos com ela.
– Ãhn? Como assim? Eu não lembro de você ter me pagado porra nenhuma!
Cara, o circo tava montado. Nessa hora nos tocamos da roubada que nos metemos. Pagamos 400 baths pro cara que nos colocou dentro do local, mas o cara não trabalhava lá. Ou seja, nós pagamos 400 baths de bestas! Mas de boa, era só pagar mais 400 baths que tava tudo sossegado, né? Não, meu amigo, a mulher trouxe uma conta com 4000 baths a ser pago! Ou seja, 70 reais por cabeça!
Meu amigo, percebe que não tinha pra onde a gente correr? Um cara no meio da rua simplesmente nos colocou lá dentro. Nós combinamos o preço com alguém que não trabalhava dentro do local, ou seja, a mulher poderia cobrar o preço que quisesse que a gente não teria muito o que fazer. Ela argumentava que se não gostamos do preço que perguntássemos antes de entrar na casa. Como estávamos a argumentar demais, ela resolveu pegar pesado. Deu um murro na mesa e gritou “SEGURANÇA VEM CÁ”!
Éguas doido, nessa hora minhas calças quase que ficaram mais pesadas. Mermão, achei que ia apanhar mais que vaca quando entra na horta! Eu tenho certeza que os machões aí, que estão lendo o blog, não ficariam com medo! Cara, só sei que alguns segundos depois dela gritar, veio lá de dentro uma gorda IMENSA com uma laterna na mão. Sim, UMA gorda. A segurança da casa dela era uma mulher, meu amigo! Pensa que a gente ficou mais tranqüilo? Naadaaa…
As duas começaram a dar murro na mesa e falar que o bicho ia pegar se a gente não pagasse a conta. Mermão, o ambiente tava totalmente hostil!! Nessa hora o turco se destacou. Meu amigo, cada murro que essa mulher dava na mesa o turco dava um grito: – AAAAAAHHHHHHH!! O bicho ficou APAVORADO, meu amigo!! O bicho só ficava falando:
– Mermão, paga logo ela, paga tudo que ela tá pedindo! Paga ela, por favor! Paga ela, eu tou com medo! Vamo embora daqui! Paga o que quiser! EU TOU COM MEDO!!
E cada grito que o turco dava a mulher se empolgava mais e esmurrava mais a mesa. E era aquela cena cômica. Uma mulher de paletó botando pra gelar quatro macho barbado!
Além disso tinha aquela sinfonia: PUM! Soco na mesa!! AHHHHHH!! Turco gritando. PUM!! AAHHH!! PUM!! AHHHH!! E foi nisso quase meia hora!
Sério doido, eu com uma vontade IMENSA de rir, mas ao mesmo tempo com uma vontade imensa de chorar!! Heheheheeh. Eu nunca tinha visto isso na minha vida! Só sei que nessa hora a estrela do boss se destacou e o bicho resolveu intermediar a situação. Depois de muito conversa daqui, conversa dali, esmurra daqui, grito turco dali, o Vicent conseguiu que pagássemos apenas, apenas… Tchan, tchan, tchan, TCHANS!! Quinhentos baths!

Mermão, juro que na hora que eu vi que eles tinham negociado o preço, eu ria por dentro lembrando da caminhada de elefante. Lembram de quanto paguei pra andar de elefante? Sim! Exatamente o mesmo preço! Hahaahahah.
Só sei que no final eu não fiquei injuriado não, cara! Acho que tudo que aconteceu, todo o dinheiro que nos roubaram, faz parte da história. Os caras ficaram chateados, mas eu fiquei de boa. Pô, meu amigo, paguei algo como trinta reais pra ver vários shows diferentes! Um show das meninas jogando ping-pong, um show das garçonetes e um show do turco desesperado! Sério, doido! Eu ri demais depois, lembrando da situação!
No final, pra fechar com chave de ouro, o turco ainda vem pra gente e fala:
– Cara, eu nem sei porque a gente ficou com medo… Depois eu fique pensando… Era só a gente ter ligado pra polícia…
Meus netos, definitivamente, vão ouvir essa história várias vezes…

7 comentários em “Momentos de Tensao no Ping Pong tailandês

  1. HUAHUAHAHUAUHAUHAUHAAUHUHAUUhQue história bizarra é essa?? Fala sério, você inventou tudo isso, não pode ser real… 😀

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s