Romênia, o país do conde Drácula e o quanto eles lucram com isso hoje!

Para quem não sabe, Transilvânia é uma região da Romênia. Lá viveu o simpático rapaz que o escritor Bram Stocker se inspirou para criar o conde Drácula.

Assim como o Cazaquistão lucrou com bastante em ter sido escolhido aleatoriamente como o país do Borat (se você vive em outro mundo e não sabe quem é o personagem Borat, clique aqui https://pt.wikipedia.org/wiki/Borat), a Romênia o fez com o Drácula. Para começar, Bram Stocker não era romeno, era irlandês e, veja você, NUNCA visitou a Europa Oriental. Ele já escrevia contos sobrenaturais e teve a primeira inspiração em escrever algo sobre vampiros durante uma pescaria em Yorkshire.

Não há um consenso de porquê Bram Stocker escolheu a Romênia para ambientar o seu mais famoso livro de terror (e um dos livros mais vendidos da história). Uns dizem que foi porque ele tinha amigos romenos. Outros dizem que ele teve contato com ciganos que narravam as histórias de crueldade do Príncipe da Valáquia (outra região da Romênia). Outros que ele quis escolher uma região mística, longínqua, desconhecida dos Britânicos (mais ou menos como a gente que quando quer falar alguma coisa muito doida fala “rapaz, mas isso aconteceu lá na Cochinchina, região que existe de fato e fica abaixo da China) e assim resolveu o ambientar na Transilvânia.

Não há o consenso. Continuar lendo “Romênia, o país do conde Drácula e o quanto eles lucram com isso hoje!”

Nicolae Ceaușescu, política de descontrole populacional romeno e seu parlamento

Como todo país da Europa Oriental, a Romênia também teve o seu malvado favorito: Nicolae Ceaușescu.

Só para vocês terem noção de como era o figura, certo dia acordou de manhã e teve um pensamento que julgou fenomenal. Pensou: “- Bem, todos os países mais poderosos do mundo (Rússia, Estados Unidos, China…) o são porque têm grandes populações. Então, quem sabe se eu não conseguir aumentar a população da Romênia, se a Romênia também não vira uma potência? ”.

Sim, baseado nessa lógica bovina e binária, Ceaușescu resolveu que todo mundo na Romênia teria que ter vários filhos. Foram proibidos os abortos, camisinhas, métodos contraceptivos e todo mundo que tivesse filho ganhava um bônus do Estado por cada rebento. Se você fosse adulto e ainda não tivesse filhos teria descontado parte do seu salário sobre o pretexto de que não estava lutando pela nação assim como todo mundo (imagina, você chega na mina e fala “E aí, vamos trabalhar pelo país? Bom que a gente perde o desconto no salário! ” Já era uma, né?)

E assim a Romênia teve um boom em sua população que, obviamente, a empobreceu ainda mais.

Além dessa genialidade, Ceaușescu também teve outra ideia genial. Um dia foi visitar um dos seus melhores amigos, o ditador Kim Jong Ill da Coréia do Norte (sim, o cara só tinha amigo bacana) e vendo alguns dos projetos megalomaníacos que os Kims adoravam fazer (maior torre de mármore do mundo, maior estádio do mundo, maior apresentação coreografada do mundo… se quiser saber mais sobre os projetos malucos da Coreia do Norte, confira meu post sobre a Coreia do Norte clicando aqui), ele pensou “Rapaz, vou fazer o maior parlamento do mundo!” e lá se danou tio Ceaușescu a construir uma baita estrutura no meio de Bucareste. A ideia é que todos os órgãos governamentais pudessem se concentrar em apenas um prédio (hoje só o Parlamento e a Primeira Corte ficam por lá). Dois andares inclusive poderiam ser usados como abrigos antibombas. Gente para levantar as paredes não devia faltar, já que os romenos começaram a proliferar como coelhos depois da política baby boom romena! Continuar lendo “Nicolae Ceaușescu, política de descontrole populacional romeno e seu parlamento”

Romênia – Chegando ao lar do povo Roma!

Mano, acho que a única coisa que eu sabia sobre a Romênia resumia-se a música abaixo:

Que deu origem a um dos primeiros virais da história do Youtube:

Que no Brasil virou essa pérola:

Sim, essa banda é romena (na verdade, canta em romeno, mas os integrantes são da Moldávia!). Confessa, que você também só sabia isso da Romênia, vai?

Tá, mas a Romênia tem muito mais coisa. Está na Europa Oriental, mas a Romênia é um país latino (o nome Romênia vem de Roma!). Apesar de você entender patavinas quando tenta ler o que tá escrito, você consegue entender um pouco do idioma quando vê eles conversando. Isso é muito estranho de ocorrer em um país da Europa Oriental onde a galera geralmente só fala russo ou derivados!mapa.jpgPorém, foi no ônibus do aeroporto para o centro, cheio de gente indo trabalhar ou molecada indo para escola, que deu para perceber claramente que era um país latino. Dois moleques sentaram do nosso lado, pegaram um papel minúsculo e começaram a escrever, bem pequenino, nomes de países e suas capitais. Sim, era uma cola para prova. Rapaz, mas observando aquela perícia em escrever em Fonte Times New Roman tamanho 1,5 lembrei do meu tempo de escola quando fazia o mesmo. Vai ter vista boa assim lá na Romênia!

A Romênia também é conhecida por ser o lar do povo cigano, que se espalhou no mundo inteiro, inclusive no Brasil (às vezes se referem aos ciganos como o “povo Roma”). É um dos países mais pobres da União Europeia. Sua capital, Bucareste, é conhecida como a Paris da Europa Oriental (me lembrou a Paris do Oriente Médio, Líbano, leia o post aqui https://omundonumamochila.com.br/2010/03/06/como-chegar-ao-libano-perrengue/) devido a um desses governantes malucos que invoca em transformar a sua cidade em uma Paris e dana a sair removendo a força famílias de suas casas para abrir vias e avenidas. Ele criou diversos canais para os rios, praças, parques e no final até ficou um resultado legal. Criou-se inclusive uma Champs Eliseé romena, uma imitação da avenida mais famosa do mundo. Mas isso é assunto para o próximo post.

20161025_072415
Propaganda do seriado Narcos com o Wagner Moura no centro de Bucareste
20161025_184920
Ana Hickmann em Bucareste
20161025_155535
Champs-Élysées romena
20161026_084752
Arco do Triunfo romeno

20161028_15201920161028_16574020161028_17002520161028_18173620161029_12403820161029_12410920161029_12454620161029_124624

Gostou do post? Então curta nossa página no www.facebook.com/omundonumamochila para sempre receber atualizações.
Quer entrar em contato direto com o autor ou comprar um livro? Clique aqui e tenha acesso ao nosso formulário de contato!
Quer receber as atualizações direto no seu e-mail? Cadastre-se na nossa mala direta clicando na caixa “Quero Receber” na direita do blog
Se gostou das fotos, visite e siga nosso Instagram para sempre receber fotos e causos de viagens: www.instagram.com/omundonumamochila