India

Parlamento Indiano em Delhi

Cara, essa era uma das coisas mais “cuti-cuti”. Lá eles tem esquilo por todo lado! Vocês já viram um esquilo? Essas coisas não tem no Maranhão 🙂
Cara, me dói dizer isso, mas, de todos os países que visitei até agora, a Índia foi o meu favorito (importante frisar que Bali foi minha “cidade” preferida e a Índia o meu país preferido!). Por que me dói dizer isso? Porque, de longe, apesar de ser o país que eu mais gostei, foi o que mais me fez passar raiva, o que mais me deu vontade de matar pessoas com requintes de crueldade e coisas do tipo. Só pra vocês terem uma idéia, a Índia é um país que te faz passar raiva desde o momento em que você precisar tirar o visto! Você tem que aplicar pro visto antes, pegar fila várias vezes, ir várias vezes na embaixada, esperar uma semana e ainda pagar 55 DÓLARES PELA TAXA (fiquei cinco dias a mais no Camboja só por causa disso)! Antes da Índia, o visto mais caro que eu já tinha pagado tinha sido pro Vietnã, 35 dólares, isso incluso a taxa de serviço da agência de turismo.
Apesar da vontade de estrangular cada miserável que tentava me enrolar no meio da rua, a Índia valeu cada centavo e cada passada de raiva que eu passei por lá. O país é impressionante e fantástico! A cada 100 quilômetros que viajava parecia que estava adentrando em um país totalmente diferente, com uma atração diferente. Impressionante!
Voltaria lá novamente? Acho que não, pelo menos não a passeio. Você precisa ir lá pelo menos uma vez na vida! Mas pra voltar a segunda vez eu acho que já é demais!
Só pra vocês terem uma idéia, eu tava planejando ficar na Índia só uma semana. Meu plano era só dar um rolê em Delhi, bater uma foto no Taj Mahal em Agra e depois ir embora. Fui ficando, ficando, indo só em mais uma cidade e no final fiquei quase um mês e meio. Um mês e meio passando raiva, mas ao mesmo tempo me encantando em cada cidade diferente!
Não sei se vai acabar ficando chato o tanto de informação que vou colocar sobre a Índia, já que muita gente vem aqui mais pra dar risada, mas é que fica impossível entender Índia e várias das histórias que eu vou contar sem antes ler todas essas informações que postarei abaixo. Se você busca cultura e informação, boto fé que você vai curtir, haja vista que a Índia possui uma cultura fascinante e não estudamos ABSOLUTAMENTE NADA quando estamos na escola. Cara, nem sobre Gandhi a gente não aprende no colégio! Como falei, fiquei um mês e meio na Índia, logo se faz necessário que uma pancada de informação seja lida antes de começarmos as presepadas propriamente ditas.
Por último. Todas essas informações foram obtidas através de relatos de guias, conversas com locais e retiradas do guia de viagem Lonely Planet. Apesar de serem fontes confiáveis (diria em 95%), no final pode haver uma ou outra inconsistência, mas, como já disse uma vez, isso aqui é um blog e não uma tese de mestrado 🙂

7 comentários em “India

  1. Taí um lugar que eu sempre tive vontade de ir, a Índia, principalmente o Taj Mahal… enfim…Ah, eu estudei sobre a Índia no colégio sim, pra prestar vestibular…

    Curtir

  2. Aaaaa agora vc escorregou, e caiu numa contradição, tu fala que é macho até de baixo de outro macho e me escreve “cuti-cuti” quando ve um esquilo, isso em são paulo é motivo de sobra pra galera te alugar hahahahaha mas tah valendo, e tu neum me respondeu se tu vai passar aki na New Zeland um dia ?? abraçosCharlles Veraz

    Curtir

  3. Salve Claudiomar!Gostaria de parabenizar pela atitude e coragem em realizar esta viagem e também pelo enfoque cultural.Não sei se é precipitado afirmar que parte dos jovens não é alienado e seu interesse pelo “O mundo numa mochila” refelte um pouco isso, já que é forte o lado cultural dos realatos. Quero acreditar que sim, e que a quantidade de acessos tem a ver com isso também. Claro, checas quentes também dão Ibope, assim como Ping-Pong.Bom, espero um dia ter a coragem que você teve. No meu caso preciso dar um bico na engenharia e pé na estrada…Perguntas: 1 – quais os países que necessitam de Visto? (o visto pode ser tirado em qualquer lugar ou só no país de origem, como os EUA exige?).2 – Qual o custo estimado da viagem?3 – No couch surfing, qual a dificuldade em arrumar hospedagem e qual a antecedência nos contatos.Bom cara, sei que isso já vai te dar um trabalhão, mas as respostas vão ser de grande ajuda.Mais uma vez parabéns!Grande Abraço!

    Curtir

  4. Tchê,Eu não vi esquilos quando fui pra India algum tempo atrás, mas eu fui para Bangalore e outras cidades mais ao sul. Se vc tiver oportunidade vá para lá (não é muito diferente do resto, mas…). Como vc sabe melhor do que eu, cada estado aí é diferente do outro, falando um diferente idioma e adorando diferentes deuses.Abraço e DÁ-LHE GRÊMIO!!!

    Curtir

  5. A obra foi feita entre 1630 e 1652 com a força de cerca de 22 mil homens,[2] trazidos de várias cidades do Oriente, para trabalhar no sumptuoso monumento de mármore branco que o imperador Shah Jahan mandou construir em memória de sua esposa favorita, Aryumand Banu Begam, a quem chamava de Mumtaz Mahal (“A jóia do palácio”). Ela morreu após dar à luz o 14º filho, tendo o Taj Mahal sido construído sobre seu túmulo, junto ao rio Yamuna.Assim, o Taj Mahal é também conhecido como a maior prova de amor do mundo, contendo inscrições retiradas do Corão. É incrustado com pedras semipreciosas, tais como o lápis-lazúli entre outras. A sua cúpula é costurada com fios de ouro. O edifício é flanqueado por duas mesquitas e cercado por quatro minaretes.Supõe-se que o imperador pretendesse fazer para ele próprio uma réplica do Taj Mahal original na outra margem do rio, em mármore preto, mas acabou deposto antes do início das obras por um de seus filhos.Lembra de quando me contou esta história e disse que tiraria uma foto no Taj mahal em homenagem a mim? Acho que vc nem lembra mais, neh? Mas eu não esqueci =P

    Curtir

  6. Ah!! E o coraçãozinho na areia, vc falou que faria em Goa!!!Amei meu nome no seu blogger… Tipo se e não arrumar um polaca gosotosa, volta para brasileira problemática..kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkTE AMUUU!!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s