Saindo da Índia, caindo na Suécia! Que choque!

Demorou, mas depois de tanto tempo pisava em “Canaã, a terra prometida”. Encontrava-me no país com maior concentração de suecas quentes por metro quadrado (Esqueça os intermediários, corra para o fornecedor!)!

Suecas quentes!! Uhhhh!

Cara, a Suécia é um país impressionante! É supimpa como tudo por lá parece funcionar, como tudo é tão limpo. Imagina o choque de civilização que tive quando entrei no avião em Deli, na Índia, e saí do avião em Estocolmo, na Suécia? Saí de uma realidade de um dos países mais pobres e caóticos do mundo, com tudo sujo, esgoto a céu aberto, crianças esmolando, trânsito caótico, pra um dos países mais ricos e organizados do planeta! Cara, imagina como era a cena?! No aeroporto de Estocolmo, as pessoas não gritavam incessantemente “táxi, táxi, táxi” no seu ouvido, as pessoas eram educadas e, a melhor parte, ninguém tentava te roubar no preço quando você comprava algo. Isso claro, dependendo do seu conceito de “roubar” já que um lanche no Mc Donald’s em Estocolmo, uma das “refeições” mais baratas possíveis, custava DOZE DÓLARES! Pensando bem, acho que era melhor ser roubado antes. Na Índia pelo menos você poderia negociar com o ladrão!

Saí daqui
E caí direto aqui. Nem dá pra sentir a diferença, né? Fala aí, se eu não falasse vocês nem iam notar!

E como tudo é tão caro! Logo na chegada do aeroporto deu pra receber uma “ferroada” do “fator Suécia” e conhecer o já lendário custo de vida sueco que tanto pavor e pânico costuma disseminar entre os mochileiros! Só pra pegar um singelo metrô, que em Brasília custa “módicos” dois reais, do aeroporto pra casa do figura que ia me hospedar tive que pagar DEZ, reais? Não, DEZ DÓLARES!! Sim!! Dez dólares pra ir de metrô, não de táxi, pra casa do cara que ia me hospedar. Barato, né? “Ah, Claudiomar, mas isso é porque você estava saindo do aeroporto e aeroporto sempre é caro”. Ah é? Então toma! Sabe quanto era pra ir ao centro e voltar da casa do brother que me hospedou em Estocolmo? Módicos DEZ DÓLARES!!! Pelo menos era ida e volta, né? O aeroporto era só ida, hahaa. INSANO! Melhor de tudo foi o nome da minha estação de trem. Se liga no diálogo entre mim e o cara do balcão do metrô:

– Bom dia, senhor, que linha devo pegar pra descer na estação de Bálstra?

– Como, senhor?

– Bálstra?

– Bálstra? Não há nenhuma estação com esse nome. Posso ver como se escreve?

– Claro, essa aqui ó!

– Ah, você quer ir para a estação de Bostra?

– Bostra?? Como é que é, siô? O siô tá é de sacanagem com minha cara? É Bostra mesmo o nome do lugar? Arf… ok… vou indo, espero que esse lugar não seja uma Bostra (desculpe pela piada infame, não tinha como não resistir!).

Dá pra acreditar? O nome do lugar que fiquei em Estocolmo chamava-se Balstra, mas lia-se “Bostra”!! Hahahaha. Fica até complicado pegar uma mina na balada assim, não? Imagina o diálogo:

– Vamo lá pra casa? Tem um cantinho aconchegante pra nós dois…

– Onde você mora?

– Bostra!

– Er… não vai dar, amanhã tenho que acordar cedo pra fazer exame de sangue!

Sobre a parte econômica e geopolítica da Suécia. A Suécia é um país que faz parte da União Européia, mas, assim como a Inglaterra, não faz parte da chamada “Zona do Euro”. O que isso quer dizer? Quer dizer que a Suécia, assim como a França e a Alemanha, também adotou a livre movimentação de capitais e pessoas dentro do seu território (como já expliquei antes, não há postos de imigração entre a Suécia e nenhum país membro da União Européia), mas não adotou o euro como moeda corrente. A moeda ainda corrente na Suécia é a coroa Sueca que detém uma taxa de câmbio de mais ou menos 2 dólares = 10 coroas suecas.Outro fator que eu achei interessante é, ô paisinho pra ter gente louca, viu? Na Suécia parece que TODO MUNDO é louco! Mermão, por onde você anda, você vê adolescentes com cabelos coloridos, espetados, raspados… Parece que a sociedade por lá é muito liberal. Além disso tem o outro fator que eu achei MUITO interessante. Cara, como tem casal gay andando pelas ruas de lá, viu? Parece que todo mundo é gay! Você vê mais casais gays abraçados nas ruas do que casais héteros. Depois os caras não sabem por que ninguém mais tem filho naquele país! Pô, cara! Cê tinha que ver as loiras abraçadas no parque e se beijando! Desperdício total!! Tá com problema de decréscimo de população? Eu tenho a solução! Libera uns vistos pra uns latinos lá na Suécia pra você ver! Vai ter crescimento populacional de uns 50% ao ano se soltar a gente por lá!! Eu então!! Seria o primeiro a me voluntariar!!Não sei dá pra perceber direito nessa foto, mas é que eu a bati MUITO rápido e muito de relance. Não dá pra ficar batendo foto de todo mundo no meio da rua, né cara? Essa mina foi MUITO engraçado. Tou eu andando na rua, calmamente, quando uma mina com ORELHAS DE GATO ROSAS cruza comigo NO MEIO DO CENTRO DE ESTOCOLMO!! Ah não! Aí já era demais! Segui ela uns passos, ela entrou em uma loja e eu meio que tentei tirar uma foto. Eu fiquei até imaginando ela vendo eu a seguir! A mulher olha aquela cena: um latino, baixinho, entroncado, com uma CARA DE TARADO correndo atrás dela e tentando fotografar! Eu ia até preso numa brincadeira dessas, hahahaha. A amiga dela de cabelo rosa acabou até ficando coadjuvante!

E por último, outro coisa que me deixou surpreso quando cheguei à Suécia. Cara, cheguei à Suécia em agosto, mês que deveria ser o pico do verão! Já estava me imaginando de calção olhando as suecas quentes (uhhhh) andando de biquíni pelas ruas. Mas que nada! Tava um frio de lascar, brother! Frio de congelar pingüim!! Quando cheguei por lá faziam incríveis 15 graus nas ruas!! Beleza, pra você pode não ser tão frio, mas lembra que eu sou maranhense, né brother? Se liga no casacão que eu tava usando andando por lá!

Frio demais!

O mais engraçado disso tudo foi a grande ironia. Viajei por seis semanas em um dos países mais HOSTIS a mochileiros! A Índia é famosa por dar dor de barriga em TODO MUNDO que viaja por lá! Tem até um nome pra isso: “Delhi Belly” (significa Barriga de Deli). Esse nome faz alusão à temida dor-de-barriga que você tem comendo aquelas comidas TOTALMENTE nojentas da Índia. Comigo, graças a Deus, nem aconteceu nada. Comi até comida com barata, mas meu estômago, acostumado a digerir farinha com guaraná Jesus, nem pediu arrego. A galera pagava um pau absurdo pra mim! – Pô Claudiomar, você viajou um mês e meio na Índia e não ficou doente? Como você consegue?

Pois é. Depois de seis semanas na Índia ILESO o que acontece quando chego em um dos países mais seguros e limpos do mundo? Isso! Fico doente! Peguei uma gripe por causa do frio…

Santa ironia, Batman!

Gostou do post? Então curta nossa página no www.facebook.com/omundonumamochila para sempre receber atualizações.
Quer entrar em contato direto com o autor ou comprar um livro? Clique aqui e tenha acesso ao nosso formulário de contato!
Quer receber as atualizações direto no seu e-mail? Cadastre-se na nossa mala direta clicando na caixa “Quero Receber” na direita do blog
Se gostou das fotos, visite e siga nosso Instagram para sempre receber fotos e causos de viagens: www.instagram.com/omundonumamochila

5 comentários em “Saindo da Índia, caindo na Suécia! Que choque!

  1. claudiomar,
    vai no drpepper.com e vê a tirinha do “first”
    KKKKKKKKKKkkkkkkkkkkkk
    eu não quero sê-lo.

    abraaaço

    Curtir

  2. Pô véi, realmente você foi de um extremo ao outro.
    Tudo é caro lá mesmo? Tô fudido então… tô indo lá daqui a um mês. :/, que BOSTRA kekekekeke.

    Quanto à França, eu usei euro lá mesmo, não sei se começaram a usar depois que você visitou…

    Se abrirem vaga pros latinos lá, eu também tô dentro! o/ E eu tô doido que aqui chegue nos 15C também, num sei nem como é viver acima dos 12C mais.

    Curtir

  3. Eita!! Vamos apoiar a sua campanha “latinos (melhor) Brasileiros na Suécia” to na fila. uahuahuauahu
    casacão maneiro mesmo, parece o do Dr.House
    Abçs

    Curtir

  4. hahaha bem que eu queria set uma mochileira! Apesar de ser tudo caro deve ta sendo divertido né?
    tbm sou maranhense xD

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s