A Guiana Inglesa, Jonestown e Jim Jones

A Guiana será para sempre lembrada por um acontecimento infeliz: Jonestown.

Tudo começou quando Jim Jones (leia mais sobre ele na Wikipedia), um conhecido líder de uma seita estadunidense, conseguiu uma gleba de terra próxima a fronteira com a Venezuela e resolveu fundar a sua própria comunidade, chamada Jonestown, no meio da floresta guiana. Centenas de americanos pertencentes a sua seita mudaram para a comunidade.
Tudo parecia caminhar normalmente até que começaram a surgir denúncias de abusos com os residentes que, supostamente, não poderiam sair livremente de Jonestown e voltar aos Estados Unidos.
Um congressista americano, Leo Ryan, recebeu autorização do governo americano para visitar o local e viajou ao local com alguns repórteres da NBC. Quando chegou foi calorosamente recebido. Tudo parecia bem e Ryan inclusive elogiou a comunidade.
Porém, com o passar dos dias, grupos de pessoas procuravam Ryan com a intenção de desertar. Jim Jones até chegou a liberar a sua saída, não sem antes acusa-los de traidores. Isso criou um clima de tensão no local.
Após uma agressão a faca sofrida por Ryan, ele pensou que talvez fosse bom ir embora dali e adiantou a sua saída de Jonestown. Quando estava se preparando para pegar seu avião, guardas responsáveis pela segurança de Jones mataram Ryan (até hoje o único congressista estadunidense a ser morto no exercício da função) e os repórteres da NBC.
Assim que soube da morte de Ryan, Jones colocou em prática o seu plano de suicídio em massa. Ele inclusive já teria ensaiado em suas “noites brancas” ritual onde todo mundo era obrigado a tomar um líquido, porém sem veneno. Aquela seria a última “noite branca”.
Todos foram induzidos a beber sucos de uva com cianeto com as crianças recebendo diretamente na boca ou por meio seringas. Quem tentava fugir era abatido a tiros.
Cinco minutos depois, 918 corpos jaziam no solo da Guiana marcando o nome do país para sempre a esta tragédia.
Gostou do post? Então curta nossa página no www.facebook.com/omundonumamochila para sempre receber atualizações.
Quer entrar em contato direto com o autor ou comprar um livro? Clique aqui e tenha acesso ao nosso formulário de contato!
Quer receber as atualizações direto no seu e-mail? Cadastre-se na nossa mala direta clicando na caixa “Quero Receber” na direita do blog
Se gostou das fotos, visite e siga nosso Instagram para sempre receber fotos e causos de viagens: www.instagram.com/omundonumamochila

Um comentário em “A Guiana Inglesa, Jonestown e Jim Jones

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s