Vida na Austrália – Acabou a agonia?

Isso mesmo, caros amigos, colegas, leitores, blogueiros e mulheres ardentes que lêem o meu blog, acho que dessa vez acabou e agora a coisa vai… Enfim a busca louca e persistente por emprego a qual eu estava envolvido parece que agora jaz como uma página virada no blog…
Esses dias, quando o desespero começou a subir pelas orelhas eu resolvi adotar a velha tática dos brasileiros que por aqui já passaram e voltaram com vida.. comecei a bater de porta em porta… Entro… saio procurando o mais velho dentro dos bares ou o que tem o maior chapéu e pergunto pelo gerente. Ao ser apresentado ao mesmo só mando a mesma pergunta de sempre: I’m looking for Job, can you help me? Só recebo um não e lá vou eu, corajosamente para o outro estabelecimento… foi assim a minha rotina até uma semana atrás.. eis que, do nada, estou eu, andando, voltando pra casa, acumulando mais desilusões do que empregos, e resolvo bater em um restaurante que já havia batido anteriormente à procura de emprego. Eis que vou falar com um chef IMENSO (pra galera que assiste South park o bicho, era, não tou mentindo, igualzinho o Chef de South park, mas igualzinho mesmo), gordão, grandão e só com aquela voz mansa.. uhaeuahe.. eu olho pro bicho e começo a rir lembrando do chef de South Park… mas voltando, ele só olhou pra mim, perguntou de onde eu era, me apresentou a TCHECA que trabalha lá com ele e mandou eu voltar na sexta. Fiquei num misto de mais ou menos feliz e triste, pois, afinal, parecia que eu só tinha conseguido um emprego para trabalhar sexta, sábado e domingo..
Sexta feira, chego lá e o bicho já vem me falando que ia ser um dia muito, mas MUITO ocupado, e eu só pensando.. nada pode ser pior que o Carwash. Aonde.. o serviço lá era manha demais, a minha função era apenas lavar pratos e ficar de olho em uma coisinha aqui e outra ali, passei bem umas duas horas sem fazer nada, só ficava encostado na pia esperando um prato perdido pra eu limpar. Comecei foi a ficar preocupado, pois, acostumado com o carwash que te manda embora quando o serviço esfria, achava que o Chef ia fazer o mesmo. Mas que nada, o pior ainda estava por vim… Duma hora pra outra, começou a chegar prato, mas prato, mas PRATO de todo canto e eu só comecei a me desesperar. Caraca, foram umas duas horas de pura emoção, nunca lavei tanto prato na vida.. Mas de boa, depois de lavar aquela montanha de prato, o bicho fecha o restaurante e pede pra eu voltar de noite…
Chego lá a noite e o bicho ainda não estava no restaurante, tava só a TCHECA descascando e cortando cebolas e tomates… eis que eu, doido pra aprender como as coisas funcionam, fui lá e pedi pra ela me ensinar. De boa, os aparelhos do serviço eram muito sussa de serem utilizados. Fui apresentado ao não-sei-o-que-sharp que a mesma utilizava para poder fatiar as cebolas, perguntei pra ela como utilizar e ela me mostrou, mas falou pra eu ter cuidado, e eu perguntei porque, ela falou que era por causa que eu poderia cortar o dedo no sharp, mas aí eu pergunto, mas como eu vou cortar o dedo se a mão não tem contato com a lâmina? Ela falou, relaxa que quando você for cortar o pepino cê vai ver… Beleza, na hora que eu terminei de fatiar as cebolas, meti a mão no pepino (ui!) e comecei a cortá-lo (ai!)… e ela só falando “cuidado, você pode cortar o dedo que nem eu cortei”… e eu.. que nada… sou carioca ixxpierto não tem como eu cortar… quando acabo essa frase, enfio o dedo de vez na lâmina e voa por debaixo do sharp um pepino e.. e… E?? E O QUE MAIS? Claro que meu dedo não foi junto, seu idiota, como eu ia estar escrevendo agora? Mas vou te dizer, foi por pouco viu? A lâmina só parou de cortar o meu dedo quando chegou na unha e isso porque ainda cortou boa parte da unha, o corte foi tão fudido que meu dedo ficou fincado na lâmina, tive que dar um puxão com o braço pra poder tirá-lo..
Caraca… na hora o sanguezão começou a escorrer… Começou a pingar a cozinha inteira com sangue, parece até que agente ia fazer uma galinha ao molho pardo… eu apertava a porra do dedo e nada do sangue parar de escorrer, o sangue já estava escorrendo pelo meu braço de um jeito que já tava quase chegando no cotovelo, quando vi o sanguezão descendo, minha vista começou a ficar escura, eu comecei a suar, mas a suar muito e pensava… cacete… eu posso acabar desmaiando, mas apesar de tudo, isso vai dar uma boa história no blog uhuhuhuhuhuh… e tava quase, mas QUASE desmaiando mesmo… a pressão baixando, baixando, viro pra TCHECA e peço pra ela me passar o sal pra eu poder colocar embaixo da língua pra poder aumentar a pressão e eu não desmaiar.. agora imagina… eu, bonzinho, meu inglês-nordestino já é puxado e ruim de entender, imagina eu a ponto de desmaiar com o sangue escorrendo naquele cenário de filme de terror classe B? Eu só viro pra mulher e começo.. salt… salt.. e nada da mulher entender… acabou que eu tive que descrever pra ela o que era salt.. white.. put in the food, sea, ocean e cada palavra que eu falava minha pressão baixava mais… até que no final ela parece que me entendeu e me deu a porra do sal… taquei na boca e meus sentidos voltaram… Mas e aí? E o dedo? Continuou sangrando, até que o Chef chegou e ajudou a fazer um curativo e tudo ficou bem… a única parte ruim foi perder o meu futebol no domingo, pois fiquei repousando pra poder cicatrizar mais rápido… tirei até umas fotos do dedo, ia até colocar agora pra galera poder ver, mas depois que eu descobri que minha mãe, senhorita irene, virou leitora assídua do meu blog e como mãe é mãe, só vou colocar a foto do meu dedo-quase-decepado quando estiver a foto dele totalmente curado, senão, claro, eu acabo matando a pobre da minha mãezinha
Depois de um primeiro dia de trabalho, com um dedo quase decepado fora… Vem a melhor parte.. Assim que eu tinha terminando o trabalho, o Chef vira pra mim e pergunta se eu sabia porque ele tinha me dado o emprego, eu respondi que não… e o bicho… ah cara… é porque eu adoro pessoas de cor assim que nem eu, sabe? Por isso que eu te contratei… porque você é de cor que nem eu… detalhe que o bicho é NEGÃO, MAS NEGÃO MESMO… aí eu disse… pô.. o chefe tem sempre razão.. virei negro agora, se pá posso até tentar entrar por cotas em vestibular da UNB.. nada contra ser considerado negro, eu até gosto de ser chamado assim… mas é que eu ainda não tava acostumado.. uhauehauehuh…
e outra… voltou os tempos das TCHECAS ardentes… a TCHECA que tá trabalhando.. só vocês vendo.. ruivinha… os olhinhos azulzinhos… meio alta e IMENSA, mas a mulher é IMENSA de gorda… MUITO GORDA… caraca… fiquei muito triste quando ela me falou que era TCHECA… Mas depois a gente acaba ficando feliz, afinal o velho postulado do “fique amigo da feia que ela lhe levará às amigas bonitas” agora mudou para “fique amigo da TCHECA feia e gorda que ela lhe levará às TCHECAS ardentes”. Isso a gente chama de investimento a longo prazo.. pouco capital inicial no começo para depois pegar uma grande bolada…
Mudando de assunto… No domingo Jonas falou que os brothers dele tavam organizando um churrasco na praia, em bondi beach… descemos pra lá eu e ele.. mas antes eu fui dar uma passadinha na praia, pois a galera já tinha falado que o que mais rola aqui nas praias da austrália é.. é?? TOP LESS!!! Desci na praia com os hormônios à flor da pele, doido pra ver a mulherada com os peito de fora… chegando na praia, só ranquei a camisa e comecei a mostrar todo o charme do meu corpinho de pão massa fina (essa piada só a galera do maranhão vai entender)… ainda ensaiei uma pulada na água, mas fui logo desencorajado ao colocar o meu pé na água.. caraca.. que água fria, só enconstei o mindinho do pé esquerdo e já sai pulando que nem uma gazela com medo do frio…
sim… mas eu tenho certeza que vocês estão esperando eu falar, claro, da mulherada com o peito de fora.. de ter até tinha pra cacete… muita, mas MUITA mulher com o peito de fora, mas o grande problema é que parece que aqui na austrália é costume das mulheres de, quando sair de casa pra poder ir à praia, deixar o peito em casa ou pelo menos dar uma murchada, sabe como é, né? Deve incomodar e talz. Fica mais leve sair andando pela praia sem peito… eita mulheradazinha esguia… todas grandes praticantes de natação, daquelas que nada de peito, nada de bunda, nada de nada… arf… saudades do maranhão e suas mulheres raimundas (nem todas claro… uhauehueauh)
mas voltando ao churrasco.. eu, claro.. fiquei só de peru branco, não comi e nem bebi, pois isso implicava no pagamento da pequena bagatela de 15 dólares e como na minha carteira, eu só tinha os meus 3,40 dólares pra ir e voltar de Bondi de metrô, não tinha dinheiro para pagar o churrasco. Mas quer saber? Foi muito massa do mesmo jeito, cheguei lá, SÓ TINHA HOMEM (que nem churrasco da Nadar no maranhão) e claro, como já cheguei às 15:00, estavam levemente alcoolizados.. uhauheuhae… jogamo truco, dominó, conversamo pra cacete, rimos pra desgraça e claro, no final rolou aquele pagode com a impagável interpretação de todos, mas TODOS cantores sertanejos que já vi falar por um cidadão que respondia pelo apelido de baixinho… caralho, o cara era muito engraçado… Bem no finalzinho do churrasco, quando tava começando a escurecer chegaram duas loirinhas SUÍÇAS e a galera já se eriçou toda, mas caramba, aquelas mulher tavam de bandex, chegaram mas já estavam sendo devidamente pegas por um gaúcho (que mais parecia baiano, o primeiro gaúcho negro que eu conheci.. inclusive o cara conhecia IBIRUBÁ, A CIDADE DO JONAS!!!) e um cara de floripa que devia estar com alergia nos olhos, pois eu nunca tinha visto olho vermelho como o daquele cara.. ele parecia ser meio lerdo e todo tempo ficava falando de bob marley, claro que ele não ficou fumando maconha o churrasco inteiro…
25726527o120828306
outra… eu e o jonas não aguentando mais de tédio pela casa, sem ter nada pra fazer, resolvemos comprar um baralho para podermos jogar um CAPRU!! Isso mesmo… capru consiste num jogo similar ao jogo paciência, só que jogado por duas pessoas em partidas que costumam durar de uma a duas horas, portanto, o jogo perfeito para quando se está com tédio infinito… jogamos duas partidas e depois começamos a ver TV… eis que do nada, DO NADA, chega o Penny e o Tommy (os dois chineses que moram com a gente) e olham aqueles baralhos em cima da mesa dando sopa, os bichos começaram a se empolgar e a pular e carregaram eu e o jonas de volta pra mesa e começamos a jogar pôker… eita diabo… mas os bicho se empolgavam.. uhaeuhauehae, cabou que eu entrei na onda também e me empolguei pacas… quando tava começando a encher o saco começamos a inventar prendas para quem perdesse… aí mermão.. já era… começou uma história de chinês levando lixo pra fora de casa, chinês pagando 30 flexões, chinês tendo que sair de casa só de cueca e pagando bundão… o pior que eu e jonas, graças a deus, não perdemos nenhuma.. uhauehuheuah. Deixa só passar um tempo… dou umas 3 semanas pra esses chineses começarem a gritar truco pela casa.. uhaeuhauhah
pois é galera… mais uma vez o post tá ficando imenso.. vou ficando por aqui… torcendo pra ver se o chefzão já paga uma parte pra eu poder sair esse fim de semana pra ver se eu dou outra carimbada na fuselagem… a coisa aqui tá brava… tou começando a ficar aperriado.. já tou beliscando azulejo..
Gostou do post? Então curta nossa página no www.facebook.com/omundonumamochila para sempre receber atualizações.
Quer entrar em contato direto com o autor ou comprar um livro? Clique aqui e tenha acesso ao nosso formulário de contato!
Se gostou das fotos, visite e siga nosso Instagram para sempre receber fotos e causos de viagens: www.instagram.com/omundonumamochila
Quer receber as atualizações direto no seu e-mail? Cadastre-se na nossa mala direta clicando na caixa “Quero Receber” na direita do blog

3 comentários em “Vida na Austrália – Acabou a agonia?

  1. Fala Boizão!! Dâê, que massa que tú arrumou otro emprego.. cuidado pra não virar mocotó, hein!?? heuahea.. Muito boa essa!! Dâe, depois passa aquela foto lá da patinha..vai.. pra lista…Boa Sorte aê e melhoras!! A gente se topa no MSN por aê!! FALOWS!!TUDIBOM pro cê e pro Macarrão!!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s