As Oompa-Loompas


Pois é, brother, falei que o local que tou trabalhando parece a Fantástica Fábrica de Chocolates, né? Pois então, o melhor da doceria não é nem o ambiente em si, mas as “Oompa-Loompas” (http://pt.wikipedia.org/wiki/Oompa-Loompas) que trabalham lá! Cara, o que é aquilo? Mermão, SÓ TEM MULHER NO TRABALHO! LITERALMENTE! Os únicos dois homens que trabalham lá são Dishwashers, eu e o Ceasar, um mexicano! Só há mulheres trabalhando no balcão, na cozinha, na gerência… Mermão, as minas são MUITO gatas, só vocês vendo! Pena que metade delas ou tem namorados ou são casadas, mas ainda assim é melhor do que trabalhar com um bando de macho dentro da cozinha! Até agora, desde que “liguei o radar” dentro da cozinha, parece que há apenas uma menina que não é casada, uma armênia com uns olhos azuis de brilho impressionante! É esperar pra ver!

Pensei até em criar um trocadilho parecido com o “Tchecas Ardentes” ou “Suecas Quentes”, mas acho que seria banalizar demais o termo e também, achar um trocadilho com confeiteiras (ou Oompa-Loompas), seria meio complicado! Confeiteiras Açucaradas? Oompa-Loompas Adocicadas? Realmente não parece que ia ser tão legal.

De todas, a que mais me chamou a atenção foi essa menina de pais armênios. Engraçado porque sempre achei que a Armênia, por fazer parte da Ásia e fazer fronteira com a Turquia, tivesse um fenótipo parecido com o dos turcos. Mas não, a menina tem cabelos pretos e uns olhos azuis de coloração indescritível. Fiquei espantado quando ela me falou que quase todo mundo era assim na Armênia, que hoje você não acha muitos Armênios de olhos claros e pele branca (tais quais as características dos eslavos russos) devido ao massacre armênio ocorrido no começo do século passado e empreendido pelos turcos (que estupravam as mulheres em massa). Ela me perguntou se eu sabia desse genocídio, eu falei que sim e antes que começássemos a conversar sobre isso mudei pro velho papo clichê: – Pô, lá no Brasil a gente tem gente de todas as cores e culturas, e apesar de todo mundo ser diferente ninguém se mata e blá blá blá. Não sei, um genocídio que vitimou a maioria dos Armênios pode ainda estar muito vivo na memória deles, melhor volta a falar de futebol, hehehehe. Agora, falta só descobrir se ela tem namorado, porque, apesar daquela cozinha ser lotada de Oompa-Loompas gostosas, parece que todo mundo tem namorado ou marido.

Mundo injusto!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s