Hospedagem em Delhi – Meu couch

O meu couch em Deli foi, sem sombra de dúvidas, um dos mais interessantes que fiquei desde que comecei esta viagem. Avinash se predispôs a me hospedar pelo fato de eu ser o primeiro brasileiro que ele iria conhecer. Como já explicado em um post anteriormente (história aqui), o “visto para o coração das pessoas” mais uma vez ajudou bastante. O mais interessante de ser hospedado por Avinash foi eu poder conviver com a sua família, apesar dele me confidenciar que sua mãe e seu pai ficavam sem graça pra poder conversar comigo. Mesmo assim eles foram bem simpáticos comigo. Eles eram tão gente boa que às vezes eles iam me levar o café-da-manhã quando eu acordava e ia direto acessar a internet ou ficavam tentando me arrancar do computador pra poder almoçar ou jantar. Hehehe. Sim, na casa de Avinash, todas as refeições, café-da-manhã, almoço e jantar eram servidas. E “ai de mim” se eu me atrevesse a não querer comer, heheh. Se eu não estivesse à alguma refeição (caminhando pela cidade por exemplo), eles faziam questão de guardar a comida pra quando eu chegasse. Sério, cara, Avinash e sua família eram gente boa MESMO!
Além desse fato de eles serem super gente boa, teve um pequeno choque cultural que foi MUITO engraçado. Claudiomar Filho, burrão, no primeiro dia, como sempre faço, me ofereci pra cozinhar um pouco de “comida brasileira”. “Comida brasileira” que me disponho a cozinhar nada mais é do que um tipo de arroz (arroz com tomate, arroz com salsicha…) e algum tipo de carne. Sempre faço isso quando chego nas casas que vão me hospedar por dois motivos:
1 – Quero ser gentil
2 – Tem dias que eu REALMENTE quero comer arroz (pombas, eu sou maranhense, brother! E maranhense é famoso como comedor de arroz!)!
No final acaba dando super certo, haja vista que pra pessoa que tá me hospedando é uma novidade danada comer arroz temperado e salgado (como já falei antes, o arroz na Ásia não tem gosto. Eles cozinham o arroz branquinho, sem nenhum pingo de sal) com um tipo de carne diferente e pra mim é uma felicidade danada comer arroz salgado e temperado com um tipo diferente de carne, pelo mesmo motivo expressado acima. O choque cultural foi que, e eu tenho certeza que até agora menos de 5% das pessoas se tocaram, os Hindus NÃO COMEM CARNE!!! Sim, cara! Esqueceu? A vaca é sagrada pros bichos!!

Tecla PAUSE

A vaca é, de longe, um dos mais sagrados animais para o sub-continente indiano. No início achei que fosse algo da religião Hindu, mas depois descobri que os Sikhs, que são uma religião totalmente diferente, também não comem carne, logo nao comer carne está envolvido a cultura também! Enfim, na mitologia Hindu há um espaço reservado para santificar a vaca, mas sou capaz de arriscar que o hábito de não comer carne veio antes da religião Hindu (apesar de estarmos falando de uma das religiões mais antigas do mundo e que se acredita ter mais de 4000 anos!). Avinash me explicou que eles respeitam bastante a vaca, além do caráter religioso, por ela ser a “provedora” do sub-continente indiano. Quem primeiro provém alimento a você? Sua mãe, através do leite materno. O que ocorre quando sua mãe não pode mais lhe prover leite? A sua segunda mãe é a vaca! Sim, acho que falar que sua mãe é UMA VACA na Índia parece ser algo bom!
– Beleza, a vaca te provém leite, mas porque você não pode comer o boi, Avinash? – eu perguntei!
– Uai, pergunta idiota, Claudiomar! Você não pode comer o boi simplesmente porque ele é o marido da vaca! Às vezes você faz perguntas tão imbecis!
– Ah, então tá bom!

Exemplo de um seguidor da religião Sikh. Explicarei mais sobre essa interessante religião posteriormente

Tecla PLAY

Rapaz, foi eu perguntar pro Avinash aonde vendia carne pro bicho me falar:
– Pelamordedeus, cara. Não fala isso aqui nessa casa! Se meu pai ouve ele te mata!!
Hahaha. Eu tinha esquecido! Não é que os caras não comiam carne de vaca! A família dele INTEIRA era vegetariana, bicho! Avinash me explicou que a casta dele era (eu digo era porque hoje ele não dão mais importância quanto antes) a casta dos Brahmin ou dos sarcerdotes! Logo, a sua casta não comia nenhum tipo de carne e eles acabaram mantendo essa cultura! Depois que eu fui me tocar que realmente não havia nenhum pedaço de carne nas refeições que eles me serviam! O que eu acreditava ser carne nada mais era do que glúten de soja!
Pela primeira vez na minha vida, cara, por uma semana, eu virei vegetariano! Fiquei impressionado comigo mesmo. Sério, sou um dos caras mais carnívoros que vocês podem imaginar. O pior que nem foi muito difícil. Acho que o mais complicado pra mim é cozinhar ou escolher comida apenas vegetariana, mas quando alguém já vai lá e coloca pra você, você acaba devorando sem nem pensar!

19 comentários em “Hospedagem em Delhi – Meu couch

  1. Claudiomar, vc não me conhece mas já estou assinando seu blog faz um tempao. Queria dizer que seus posts sobre a Índia estão sendo muito legais. Em novembro de 2007, eu e minha esposa passamos 40 dias viajando pela Índia, e ler seus posts está sendo como refazer a viagem. Também fiz um blog (http://rafaelnaindia.blogspot.com/), mas certamente não é tão engraçado quanto o seu.Abraço e continue escrevendo.Rafael

    Curtir

  2. mermao, como diz vc(rsrs)Você me inspira, sabe? sempre tive vontade de conhecer o mundo só com uma mochila nas costas.. já fiz algunas viagens loucas, + nada comparada as suas… vou te mandar a REAL: sou seu fàs cara, podes crêr…OBS.:é a 2º vz q comento=D

    Curtir

  3. Oi Claudiomar, meu nome é Viviane e descobri seu blog só agora (pena!) Mas estou lendo desde o primeiro post, em 2005. Queria dizer que, falar que é muiiiiiiiito bom ainda é pouco. Torço para que, quando você voltar, essas histórias vire um livro, vai virar best seller com certeza. Parabéns, antes de tudo, você viveu muito mais do que muitos vivem em sua vida inteira.

    Curtir

  4. vale dizer que tem muitos Hindus que comem carne também… e apesar de nao ser os lugares mais limpos do mundo, há açougues na Índia. quando fui pra lá fui visitar um açougue com alguns indianos.. pra ter uma idéia o boi ficava preso num gancho sem nenhuma refrigeração.. dpois de embrulhar o estômago percebi que o rabo do boi ainda tava ali, peludinho.. http://rafaeldpp.blog.terra.com.br

    Curtir

  5. Cara.. o seu blog é simplesmente impagável! Adoro acompanhar! Leio tudinho da Silva!! Bom, se a crise permitir, a partir de Maio/09 pretendo começar minha trip volta ao mundo!! Solita por ai. Ai ai ai… da até frio na barriga!! Me diz uma coisa, toda essa parte histórica dos países que vc posta no blog vc estuda quando chega nos países ou antes de chegar? Outra dúvida… vc comprou passagem RTW? Qual aliança? To pensando em comprar a da Star Alliance, o que acha? Continue mantendo o ritmo do seu blog que tá demais!!! Sem dúvida da um livro best seller! hahah Beijão Mari

    Curtir

  6. Que pinta é essa que os hindus tem no meio da testa?[2]Sempre quis saber isso…eh aquele negócio do 3o olho?(sem comments maldosos…)Daqui a pouco vai tá a briga pra ver quem posta primeiro rsrsrsr[2]Huahuahuahuahuhauhaua…Não vamos deixar esse maranhense mais convencido ainda…bjsmelg

    Curtir

  7. Eu ia passar bem na Índia, porque sou vegetariana há mais de 10 anos… =DMas conta pra gente se aquelas histórias sobre água contaminada são verdadeiras, ou se é tudo coisa de americano nojentinho!E por favor, não abandona a gente… (olha a chantagem emocional!) Seu blog tá muito muito bom!

    Curtir

  8. Nossa Maranhão… nao tinha ideia desse teu blog… cara me diverti demais lendo suas “trapalhadas” indianas =P queria dizer que seus amigos que fazem rel devem ser mais od que os 5% que vc citou terem esperado que o lance que tivesse pegado tinha sido o da carne!!Ah! E quando vc voltar quero as dicas de viajar com pouco $$… ksksbjos

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s