Perambulando por Mumbai

1 – O metrô
Mumbai foi uma cidade que desde o começo me fez perceber que me encontrava em uma realidade totalmente diferente da Índia. Assim que liguei pro Mervin (indiano que me hospedou em Mumbai e que, dentre outras curiosidades, estava hospedando há mais de três meses uma alemã que tentava carreira em Bollywood), pedi detalhes para ele de como poderia chegar em sua casa. Como de praxe, achava que ele iria me explicar como pegar um táxi pra casa dele. Qual não foi minha surpresa quando ele falou que eu deveria pegar um metrô e, só depois disso, pegar um táxi. Ãhn? Pegar transporte coletivo em uma cidade na Índia? Como assim? Pô, táxi era mais fácil! Precisava ser murrinha não! Eu podia pegar um táxi!
Depois que eu fui me tocar. Mumbai é uma das MAIORES cidades do mundo. Logo, seria inviável eu pegar um táxi pra ir pra casa do figura (imagina descer em Guarulhos e pegar um táxi pro centro da cidade de São Paulo?).
“PCC” “contratando” pessoas em Mumbai
 
Tudo bem, pra mim tudo é festa! A própria estação onde o meu trem proveniente de Jaipur parou era, ao mesmo tempo, interestadual e intermunicipal. Poderia pegar o trem da estação diretamente para o bairro do meu host. Assim que saí do setor interestadual e entrei no setor intermunicipal, pude ter o primeiro contato com os já lendários trens de Mumbai.
Meu amigo, aquilo parece cena de outro mundo! Cara, eu nunca andei num metrô em São Paulo durante a hora de pico, mas se for pior do que aquilo que vi em Mumbai, será de um nível de insalubridade inimaginável para mim. Mermão, é gente viajando em pé, um por cima dos outros, cara viajando agarrado na janela! Coisa de LOUCO!! Se liga só nesse vídeo abaixo, de como neguinho chega a viajar e o que acontece de vez em quando…
Na hora que o trem para então… Bicho, como a parada é insana! Não tem lugar pra todo mundo e é praticamente impossível se mover dentro do trem! Todo mundo começa a empurrar todo mundo, os que estão querendo sair começam a puxar seu braço(não dá pra falar assim “senhor, por favor, você pode me dar licença? É a minha estação) e, principalmente, os que estão querendo entrar empurram os que querem sair, pois se eles não “se jogarem” pra dentro do trem, eles ficam na estação.
A parada é tão insana, que eu cheguei uma vez foi a viajar num dos compartimentos de bagagem do trem…
Compartilhamento de bagagem do trem que cheguei a viajar por não ter mais espaço
 
Então é aquela loucura! Imagina a cena: o trem lotado (de um jeito que você não consegue nem mexer o braço) umas cinquenta pessoas querendo sair, umas setenta querendo entrar E TODO MUNDO AO MESMO TEMPO! Cara, duas ou três vezes, vi carinhas saindo na mão por causa de ombrada ou “encontrão” que alguém deu na hora de sair.
Além disso, é engraçado quando os indianos querem atravessar de um linha pra outra do metro. Cê acha que eles dão a volta, pegam uma escadinha e talz?? Naaadaaa!! Os caras fazem o mais fácil mesmo: eles simplesmente pulam no meio dos trilhos e atravessam calmamente! Cumpade, é uma atração e tanto ficar observando o movimento nas estações em Mumbai. Algumas vezes eu fiquei até sentado só observando aquele “balé”:
1 – O trem começa a chegar e vem apitando que nem um louco.
2 – Pessoas que estavam atravessando pelo trilhos saem correndo em debandada por todos os lados para não serem atropeladas.
3 – O trem para.
4 – Gritos!
5 – Pessoas são “cuspidas pra fora” do trem por quem quer sair e quem quer entrar troca empurrões com as pessoas que estavam dentro em um movimento que me faz lembrar bastante futebol americano.
6 – Trem vai embora
7 – Pessoas pulam desesperadamente nos trilhos no afã de cruzar para a próxima linha
8 – Trem chegando e apitando…
E assim vai o balé, cara… Com vez ou outras ocorrendo discussões e troca de empurrões… Vou te dizer, o metrô de Mumbai é uma atração turística a parte.

2 – Triste fama de Mumbai
Mas, além do fato de Mumbai ser conhecida como a capital financeira da Índia e sua cidade mais importante, ela também é famosa devido aos vários ataques terroristas já ocorridos nela. O mais recente de todos e que quase levou a uma declaração de guerra da Índia contra o Paquistão, ocorreu há pouco tempo atrás, com o “Taj Mahal Hotel”, a maior atração turística de Mumbai e seu principal hotel, sendo um dos principais alvos do ataque. Para mais informações, clique aqui
Dando prosseguimento à série “tira uma foto pra mim” inaugurada no post em Jaipur. Essa foi a foto que pedi pra uma família de indianos bater de mim e do “Taj Mahal Hotel”
Essa foi a foto batida por eles. Sério, parece que os bichos fazem é de molecagem
Taj Mahal Hotel, depois dos ataques terroristas
 
O metrô de Mumbai também já foi alvo de vários ataques terroristas que causaram grandes estragos. Basta apenas lembrar que, num metrô aonde você tem umas cinquenta pessoas por metro quadrado, uma bombinha de São João pode fazer um grande estrago! Só pra vocês terem uma ideia de como andam os nervos das pessoas que utilizam metrô em Mumbai, no meu primeiro dia, eu quase que perdi minha bolsa com todas as coisas dentro! Eu entrei no trem, deixei minha mochila em uma das prateleiras suspensas do trem, próprias para mochilas, e me sentei no banco contrário pra poder ficar vendo a minha mochila. Ah, meu amigo, pra que? Um indiano viu aquela mochila lá sozinha, acho que não tinha dono (logo podia ser algum terrorista que largou por lá), meteu as mãos e começou a gritar perguntando se alguém era dono daquela mochila enquanto se dirigia já para a janela! Cena de filme, cara! Se eu não vou voado atrás dele gritando “é minha, é minha” ele fatalmente teria jogado minha mochila pela janela!
“Eu me arrependo de ter nada mais do que uma vida para servir ao meu país” placa posta em frente ao Taj Mahal Hotel!
 
3 – Cinema em Mumbai
 
Outro fator que também me chamou a atenção em Mumbai, foi quando fui ao cinema. É interessante você ver que nas salas de cinema indianas, as diferenças culturais ficam cada vez mais explícitas.
No Brasil, filme sim, filme não a gente tem um filme relacionado a futebol. É filme de ação, comédia romântica, documentários etc. Na Índia também é parecido. Quase 90% dos trailers de filmes que pude ver, havia algo relacionado a críquete nas histórias de lá: era uma menina que se apaixonava por um jogador de críquete, um menino pobre que tinha como sonho ser jogador de críquete, um professor de uma escola que reúne os alunos e faz o melhor time de críquete da Índia e por aí vai. Não precisa dizer que o críquete é o esporte nacional indiano. Pra quem não sabe o que é críquete, é um esporte de origem inglesa bem parecido com o “bats” ou “tacos” que a gente joga pelas ruas aqui do Brasil.
“Gateway of India”, um dos principais pontos turísticos de Mumbai
 
Outro ponto interessante que pude ver assistindo trailers em salas de cinema indiano é que é fácil saber se o trailer que está por vim é indiano ou americano. Se for filme americano, é bala comendo pra tudo que é lado, carro explodindo e etc. Se for filme indiano, começa com uma galera dançando e umas bolas de críquete de um lado pro outro. Cara, pode parecer que não é nada, mas eu vou colocar dois vídeos abaixo pra vocês verem como é, basicamente, um filme indiano1:2. Detalhe na “legenda em português” que os caras fizeram pegando carona na sonoridade da música cantada pelos indianos.
Se liga na dancinha que ocorre no minuto 1:24. Faz toda a diferença, hahahaha
 
Cara, você tá achando engraçado? Imagina um filme de três horas assim?? Com essas danças malucas pra tudo que é lado? Foi assim com os filmes indianos que pude assistir com legendas em inglês. Vou te dizer, sem graça é que não é… hahahaha.
Se prepara pro carnaval, punk rock e rock n’ roll! hahaha. GENIAL!
 
Outra curiosidade interessante é que no meio do filme todas as luzes se acendem e o filme apaga. É a hora do intervalo. Uma hora e meia de filme, quinze minutos de “show do intervalo” e mais uma hora e meia de filme depois. Praticamente um jogo de futebol…

3 comentários em “Perambulando por Mumbai

  1. Cara, a foto que vc tirou em frente ao hotel la que o negão atras de vc (opa duplo sentido) fez ate pose, parece mto com aquele indiano michael jackson do rivaldo sai dessa lago, se nao intendeu do michael jackson procura o video golimar

    Curtir

  2. Oi, gostei do seu blog.
    Sou fascinada pela Índia e tenho muita vontade de conhecer, seus posts estão me ajudando a entender um pouco de como é tudo por lá =)

    Outra coisa, vi que vc fez Relações Internacionais, estou tentando decidir qual curso fazer e esse me interessou bastante, se você puder me falar um pouco sobre, eu agradeço! amandapillon@hotmail.com

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s