Viajando por Buenos Aires

Chegamos a Buenos Aires devido a uma promoção da TAM por meio de um voo direto de Brasília. Horário bacana, saindo tarde da noite de Brasília e voltando alguns dias cedo da manhã em Brasília. Dependendo de como você anda cheio da grana, dá para passar até um fim de semana por lá. Para fechar tudo, conseguimos um ótimo apartamento pelo Airbnb no bairro da Recoleta (o qual vou explicar com mais detalhes posteriormente)

Ao chegar em Buenos Aires, minha primeira preocupação foi de como sair do aeroporto, já que os taxistas têm fama de serem bem desonestos (mais até que o normal) e, além de te roubarem na corrida, costumam te dar notas falsas. Isso se resolveu com o proprietário do apartamento marcando com um taxista para nos buscar que cobrou o mesmo preço que seria se pegássemos um táxi pelo aeroporto, 630 pesos (algo como uns 140 reais. Vai se acostumando que as coisas por lá são bem caras).

COMO É BUENOS AIRES

Buenos aires é a principal cidade da Argentina. Centro político e econômico do país. Uma das primeiras coisas que me impressionou quando cheguei à cidade é que, cara, achei a cidade MUITO parecida com Nova York. Os prédios de concreto, altos, delimitando as ruas me fizeram lembrar muito Manhattan. Porém, eu já esperava isso. Ao contrário das cidades brasileiras que tiveram um desenvolvimento recente e foram sendo construídas de qualquer jeito, Buenos Aires por um bom tempo foi uma cidade bastante rica. Na verdade, no começo do século XX, a Argentina era um dos países mais ricos do planeta, com uma renda per capita maior que a Alemanha, por exemplo. Existe uma frase célebre que é atribuída a Simon Kuznets onde se dizia que em matéria de desenvolvimento existem quatro tipos de países, os que se desenvolveram, os que não se desenvolveram, o Japão e a Argentina. Isso reflete o tanto que os Hermanos eram ricos no passado e o tanto que eles se estreparam no século anterior. Não vou entrar em detalhes de como ocorreu essa derrocada, mas isso serve bem para ilustrar o ocorrido.

Me fizeram um terrorismo danado de que lá estaria frio que só a moléstia, levei um aparato de roupa para sobreviver ao Alasca e quando cheguei tava tão frio quanto aqui em Brasília ¬¬

O bairro mais famoso de Buenos Aires com certeza é a Boca. É lá que fica o famoso Estádio La Bombonera do Boca Juniors. Você anda por lá e é tudo colorido. Depois que eu fui descobrir que é colorido porque a Boca era um bairro de imigrantes italianos e espanhóis que trabalhavam no porto. Daí eles aproveitavam os baldes de tinta que sobravam do porto e iam pintando as paredes com as cores que tinham. Uma hora ia de verde, outra de vermelho e por aí vai.

Tem um bairro super chique que vale a pena dar uma volta. Chama Puerto Madero e é um dos bairros mais novos de Buenos Aires. Antigamente era uma zona abandonada, com vários galpões abandonados. Eles simplesmente derrubaram tudo e fizeram um bairro super moderno. Nós alugamos um Airbnb em um bairro chamado Recoleta, um dos bairros mais centrais da cidade e que foi construído depois de um surto de febre amarela quando Buenos Aires foi praticamente mudada de lugar. É lá que fica um dos principais pontos turísticos da Argentina, o cemitério da Recoleta que eu vou explicar em um post posterior.

20170615_121425
Recoleta

20170615_125004

20170615_170636
Puerto Madero

IMG_4207IMG_4221IMG_4227IMG_4237IMG_4253IMG_4285IMG_4302IMG_4389

Gostou do post? Então curta nossa página no www.facebook.com/omundonumamochila para sempre receber atualizações.
 
Quer entrar em contato direto com o autor ou comprar um livro? Clique aqui e tenha acesso ao nosso formulário de contato!
 
Quer receber as atualizações direto no seu e-mail? Cadastre-se na nossa mala direta clicando na caixa “Quero Receber” na direita do blog
 
Se gostou das fotos, visite e siga nosso Instagram para sempre receber fotos e causos de viagens: www.instagram.com/omundonumamochila

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s