Mas o que é que a gente quer?


Continuando sobre como anda a nossa casa, tem mais uma história dos meus companheiros de quarto.
Cara, vocês tinham que ver o que o Ucraniano tava combinando com o chinês que dividia quarto comigo, o Vicent. Os caras tavam querendo aproveitar o feriado agora do President’s Day (depois eu vou ver o que é isso e explico) e tavam combinando de fazer uma viagem pro México. Era um esquema mó firmeza mesmo. Eles tavam querendo alugar um carro, ver um hotel pra ficar e empacotar as coisas pra ir pra Tijuana. Vieram falar comigo pra ver se eu não queria entrar nesse esquema. Tijuana, só pra deixar vocês mais situados, é uma cidade no México conhecida pelas praias e também pela loucura que rola solta por lá. As festas são loucas e galera desce pra lá pra pirar!! Rola droga adoidado (não, não uso drogas 😛) e é sempre bom ficar ligado porque a cidade anda ficando bem perigosa. Outro ponto que faz Tijuana ficar conhecida é o fato de que é uma das cidades preferidas dos latinos quem querem tentar pular o muro e vir pros EUA.
De início eu até animei. Vi que ia sair barato (a fronteira do México tá há uns 300 km daqui) e viajar com uma galera sempre é massa. Falei pros bichos que topava e talz e fiquei de conversar depois, já que eu estava indo pro trabalho.
No outro dia, o Ucraniano pediu pra usar o meu computador. Falei que era de boa e ele começou a acessar. Achei que era pra ver e-mails. Quando eu menos me espanto, tá lá o bicho entrando num site com um bando de mulher pelada!! Nessa hora eu disse “Pronto, que porra é essa?. Tá tudo errado agora!! Tá tudo errado!! O capeta agora tá querendo espetar o diabo, o poste tá querendo mijar no cachorro, o Ucraniano tá querendo usar meu site pra toc.. digo… pra afagar as mágoas de estar sozinho?? Que diabo é isso?? Fiquei por alguns minutos olhando pra ele e não acreditando em tamanha cara de pau do sujeito que via que eu estava o observando olhando site de putaria e ele não tava nem aí. Pensei que fosse algum costume estranho da Ucrânia.
O pior é que os sites que o bicho entrava só tinha putaria relacionada a mulheres do México e isso me deixou encucado!
Mexicana ou piauiense, o que fosse, eu não ia ficar lá vendo o bicho secando os “órgãos genitais das meninas” e esperar ele começar a “se violar” na minha frente pra eu poder o mandar pra caixa prego. Fique puto e já falei na lata:
– Ow Ucraniano!! Que porra é essa??? Que diabos cê tá fazendo??? Cê pede o pc emprestado pra ficar vendo site pornô?
– Que site pornô, Claudio?? Isso aqui é um site aonde você pode ver as principais prostitutas do México.
– Ãhhhn?!?! Cê tá doido?? Pra que diabo tu vais ver site de putaria do México se tu moras nos EUA??
– Como assim, cara?? Tu tá achando que a gente vai pra Tijuana pra fazer o que?? Treinar espanhol? Ficar na praia?? A gente vai pra lá é pra dar uns “pegas nas primas”!!
– AAAHHHHHHHHHHNNNNNNNNNNNNNNN??!?!?!?!?!?!?!?!!?!? Eu não sabia disso!
(E o que é que a gente quer?)
Pra que tentar filosofar sobre Kafka ou Nietzsche na lareira pra impressionar uma mina? Pra que ficar horas na praia adulando, gastar todas as suas cantadas e pagar várias cervas pra mulher se você pode ir direto ao ponto?? Eu gosto dessa galera do leste europeu que pra eles não tem meio papo! Isso me até lembrou uma música das Velhas Virgens que ilustra perfeitamente a situação:
“A noite é boa é sexta-feira
Mas hoje eu não vou dançar
Não vou atrás das dondoquinhas tão bonitinhas mas frescas demais
Muito contato e pouco papo eu to afim de muita ação
Eu quero beijos,beijos de corpo
Eu tenho grana bebida e tesão
Nós tamos indo pra zona
Nós tamos no maior porre
Antes do dia clarear esta cidade vai pegar fogo”
Tóóóiinn!! Mermão, nessa hora minha cabeça me deu quase que um curto-circuito!! Porra, eu já aceitei muito programa de índio na minha vida, agora, turismo sexual no México, foi algo que realmente eu me senti tentado a recusar! Eu fiquei pensando depois que motivo levaria uns caras desses a gastar mais ou menos 300 dólares pra ir pra um outro país só pra dar uns amassos nas primas?? Huahuhae, gasta essa grana por aqui que eles conseguem mais. Mas não, amigo, o que move o homem é o instinto de putaria que ele carrega dentro dele!!
O negócio é ir pra Tijuana pra afogar as mágoas por lá!! Uma prima pegada aqui é só “uma prima pegada por aqui”. Imagina:
– E aí brother, como foi a sua sexta?
– Ah, foi massa, peguei uma mulher.
Tem graça isso? Claro que não! A graça é justamente descer pro México numa road trip, ouvindo Velhas Virgens, encher a cara de tequila, sair pela rua assoviando pra todas que passarem, barganhar o preço, carregá-las pro hotel mais “pé sujo” e barato que achar e todo mundo mandar ver no mesmo quarto!!
ISSO SIM É PUTARIA!!! Êh boi, segura a pancada!!
Vocês pensam que isso é exagero?? Era exatamente isso que eles tavam planejando fazer!! Exatamente como falei pra vocês (tirando ouvindo velhas virgens, claro!)!! Pra melhorar ainda mais a baixaria, um dos caras que tavam combinando ir junto falou que não ia curtir “trabalhar com a dele” na frente de todo mundo. O Ucraniano na hora resolveu o problema:
– Ah, cumpade, não tem galho, você fica no banheiro!!!!
Uhauheuhuahaea!! Isso que é pragmatismo!! Não dá no quarto, vai pro banheiro!! Imagina como deve ser o quarto de um hotel barato do México? Imaginou? Agora imagina o banheiro? Deve ser limpo que é uma beleza!
É amigo, confesso que uma danação ou outra eu sempre tou dentro, agora, essa arrumação extrapolou e MUITO meu senso de putaria!! Começa que prostituta já é algo que não animo, o resto então…
Depois que eles começaram a vir com esses papos, eu resolvi pular fora. Não ia falar que não ia por causa das mulheres, senão ia ficar parecendo que eu sou meio homossexual. Precisava de algo que realmente os convencesse de que eu precisava pular fora. Pesquisando depois na internet, descobri minha salvação. Devido a pressão dos Estados Unidos, brasileiros agora precisam aplicar pra um visto de turista antes de entrar no México (por causa de muitos brasileiros sem renda que iam pro México pra pular o muro), logo, pra ir pro México com eles, eu precisava aplicar. Pra aplicar eu ia precisar ir uma vez pra Los Angeles, voltar depois pra buscar o visto, pagar a taxa etc. Nisso tudo ia uns 70 dólares a mais. Desculpa perfeita pra não ir!
Falei isso pros caras e, apesar de eles terem insistido, eles viram que realmente não valia a pena eu ir. Nisso resolveram chamar o outro chinês que atualmente divide quarto comigo e o ucraniano. Só que, detalhe, o um cara é um rapaz MUITO tímido, muito na dele e tá na cara que o bicho ainda é virgem. Pobre menino, foi cair logo no nosso quarto…
Foram lá falar com ele da viagem, de como eles iam arrumar tudo e, claro, de como iam “fazer amor”. Rapaz, quando ele ouviu tudo, eu fiquei foi surpreso! Eu nunca tinha visto o bicho abrir tanto aqueles olhos fechadinhos dele!! O bicho ficou foi doido!! Empolgou pacas… Ta dentro aí, vamos ver o que vai dar essa arrumação!

Personagens da história:
Os meus dois “housemates” da foto acima e o chinês da foto abaixo.

Um comentário em “Mas o que é que a gente quer?

  1. Oi Maranhense, vc lê comentários de blogs passados?Resolvi escrever após muitas horas de leitura do seu blog massa.Vou parar agora, juntei todas as minhas forças, pois preciso estudar, responder e-mails, trabalhar, comer e tudo mais.Depois falo +, comentando suas aventuras tá?Mara

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s