Nepal – Patan

No final do dia fomos para Patan para batermos fotos da sua praça principal. Depois fomos ao zoológico, pois a Samanta queria porque queria ver uns bichinhos! O porquê de uma americana que tem perto dela os MAIORES zoológicos do mundo querer ir pra um zoológico MAMBEMBE no meio do Nepal, eu não sei explicar, mas sabe como é mulher, né cara? Achei melhor não contrariar, pois vocês sabem como elas são quando querem algo, né meu amigo! Você pode até não fazer, mas depois fica escutando o mês inteiro!!
43eb7-patan1
Dá só uma olhada na tabela de preços do zoólogico e quantas especificações há nele. (Foreigner = Estrangeiro, Elephant Ride = Passeio de Elefante)
Ursão no zoológico

Pra mim o que merece ser citado acerca da Praça em Patan foi apenas umas crianças que conheci por lá. Cara, não sei por que, mas foi só eu pisar na praça que uma menininha de rua veio “na febre” pra cima de mim, pulou nos meus braços pra brincar comigo e a gente começou a ficar brincando! Depois de algum tempo brincando com elas nos braços (pombas, eu adoro criança!), veio o irmãozinho dela. Caraca, tem como você resistir a duas crianças como essas? Não tem como, né?? 

Cara, fui lá e fiquei brincando com os dois. Depois de um tempo o molequinho se aproveitou de minha distração e fez o que? O sem-vergonha não começou a checar os meus bolsos, cara? Dá pra acreditar nisso? Eu ainda me toquei e fiquei vendo ele lá, se fazendo de malandro e tentando fazer a farra comigo!! Depois de um tempo ele se tocou, que eu tava olhando pra ele, olhou pra mim e pensa que ele parou? Que nada, continuou checando pra ver o que eu tinha!! Como eu não tinha nada nos bolsos (tava tudo na bolsinha que comprei em Deli), ele desencanou e veio pros meus braços, como se NADA tivesse acontecido, pra eu ficar brincando com ele também. Eu depois fiquei pensando: “Rapaz, tão pequenininho, mas já tão filha-da-putinha”.
Olha o sorrisinho dele quando eu tirei as mãozinhas dele do meu bolso.
Tem como resistir?
Só sei que depois de uns quinze minutos, lembrei da pior coisa que ocorre quando você começa a brincar com crianças. Crianças são fofas, é legal brincar com elas, mas crianças nunca querem parar. Depois de um tempo Tio Claudiomar, a alegria da criançada, começou a ficar cansado e não teve outro jeito. Depois de sucessivas tentativas de “estou indo embora, brincamos mais depois” eu tive que tentar indo embora parecendo uma árvore de natal com criança pendurada pra tudo que era lado…
Após alguns minutos, um guarda veio ao meu socorro e meio que brutamente mandou eles irem embora e me deixarem em paz. Fiquei com uma pena DANADA delas, mas não teve outro jeito…
53c13-dscf3094
Gostou do post? Então curta nossa página no www.facebook.com/omundonumamochila para sempre receber atualizações.
Quer entrar em contato direto com o autor ou comprar um livro? Clique aqui e tenha acesso ao nosso formulário de contato!
Quer receber as atualizações direto no seu e-mail? Cadastre-se na nossa mala direta clicando na caixa “Quero Receber” na direita do blog
Se gostou das fotos, visite e siga nosso Instagram para sempre receber fotos e causos de viagens: www.instagram.com/omundonumamochila

17 comentários em “Nepal – Patan

  1. eeeeta cara, já tá no brasil!! pensa em dar umas voltinhas aqui por fortaleza não? :pbando de muleque fei meirmão… kkk ahhh se fosse comigo menino futricando no meu bolso!

    Curtir

  2. oi Claudiomar,Vi seu blog um dia desses e resolvi lê-lo todinho! MUITO LEGAL!!!Estou curiosa para ler o resto das postagens.Sobre as crianças. Sabe o que fiquei pensando? E se vc fosse uma pessoa má intencionada? Você foi bacana com elas, estava brincando e tals. Mas se fosse qualquer pervertido, essas crianças estariam em perigo! Mesmo espetinhas, se um cara dá qualquer dólar, um chocolate, sei lá, vai que elas acompanham esse cara! Medo!!beijos.

    Curtir

  3. oi ClaudiomarForam só 2 crianças, imagine viajando pelo Nordeste e vem aquele monte de baixinhos pedindo esmola…ai que dó.mas, caí na risada desse seu episódio muito bem fotografado…abraços…da japa.

    Curtir

  4. Eu já não gosto de criança, ainda mais de um mini-larápio como esse.mas até que a foto de sorrindo ficou bem simpatiquinha.Pelo menos com isso a Taize não vai precisar se preocupar né!?!? 😛enfim, já to organizando minha primeira viagem internacional, vou pra Machu Pichu em janeiro, tá certo q não é nenhuma volta ao mundo, mas já eh um começo.Outra coisa, depois deixa um link da tua página do CS preciso te achar lá pra jah garantir uma estadia pelo maranhão 😛

    Curtir

  5. nossa meu, tu tá parecendo uma gangorra com esses muleques pendurados.Já devia era ter deixado os pentelhos caírem pra sentir que o troço era bruto, cambadinha de safados!!!!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s