MCLEOD GANJ, LAR DO DALAI LAMA E A SAGA PARA CHEGAR

Ainda em 2008, depois de ter viajado por Amritsar iria seguir para Mcleod Ganj, a região na Índia onde fica o governo do Tibet no exílio. Ela fica nas montanhas e foi realmente chegar por lá. Fui à rodoviária e as informações eram desencontradas, cada guichê falava uma coisa diferente, isso quando falava inglês. Fiz amizades com uns gringos que conheci na rodoviária e quando enfim conseguimos um busão para nos levar até lá era hora encarar o caminho. A cidade fica a apenas 210km de Amritsar. O único problema é que as estradas vão pirulitando entre as montanhas até chegar à Mcleod Ganj. Resultado? Levamos NOVE HORAS para poder percorrer 210 míseros quilômetros.

LAR DO DALAI LAMA

Basicamente o Tibete é um país que hora é independente, hora é um país vassalo da China. Atualmente faz parte da China. Depois da última anexação chinesa em 1950, diversos tibetanos fugiram do país temendo retaliações dos chineses, entre eles o Dalai Lama, líder dos tibetanos. Na Índia, fundaram um governo no exílio em Dharamshala, cidade onde fica Mcleod Ganj. No Tibet, a imagem do Dalai Lama, vista em vários lares mundo afora, é simplesmente proibida e o Dalai Lama ele teve que fugir para não ser morto.

A China vem promovendo a desculturalização do Tibet atraindo, por meio de incentivos fiscais, hordas e hordas de chineses para lá fazendo com que hoje os tibetanos sejam uma minoria dentro do seu próprio país. Alguns refugiados diziam que se eles encontrassem uma imagem do Dalai Lama na casa, o tibetano teria que pisar e rasgar a imagem sob pena de ser executado no ato com um tiro na testa.

Mcleod Ganj é uma pérola por si só. O clima por lá é aquele frio de montanhas e a cidade é uma graça. Na verdade, você se sente de fato no Tibet, tanto pela arquitetura do lugar quanto pelo fato de que por lá só há tibetanos. Viajei para lá próximo às olimpíadas da China e havia cartazes por todos os lados de protesto contra a opressão chinesa aos tibetanos. A maioria dos refugiados que pude conhecer por lá nos falaram que fugiram do Tibet a pé, pelo meio das montanhas, com diversos deles morrendo pelo caminho ou sendo capturados pelos militares chineses, o que dá no mesmo.

Chegando à Índia eles conseguem um local seguro e onde podem recomeçar a vida. É engraçado você chegar lá e ver um bando de gente de olho puxado no meio de tantos indianos.

20170925_132655
Maior casa do mundo. É de um ricaço que mora em Mumbai

20170925_14584820170926_16383420170929_00232420170929_05555120170930_11301020170930_17220120171001_16550320171002_21041920171011_125125

IMG_4875
Varanasi

IMG_4940

IMG_5096
Jaipur

IMG_510220170929_15484120170929_06230320170926_141805SDC10186SDC10131SDC10135SDC10144

SDC10170
Olha a camisa que eu encontro um gringo vestindo por lá…
SDC10173
Com tibetanos…

SDC10181

Gostou do post? Então curta nossa página no www.facebook.com/omundonumamochila para sempre receber atualizações.
 
Quer entrar em contato direto com o autor ou comprar um livro? Clique aqui e tenha acesso ao nosso formulário de contato!
 
Quer receber as atualizações direto no seu e-mail? Cadastre-se na nossa mala direta clicando na caixa “Quero Receber” na direita do blog
 
Se gostou das fotos, visite e siga nosso Instagram para sempre receber fotos e causos de viagens: www.instagram.com/omundonumamochila

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s