Vida louca vida, vida breve, já que eu não posso te levar, quero que você me leve…

Galera… foi mal por este atraso de dois dias em postar o nosso querido blog (ou de enviar o e-mail para os poucos felizardos), mas é que esses dias a minha vida se transformou numa “vida louca” merecedora de ser cantada pela voz de Cazuza.

Antes de eu começar a postar, eu só queria pedir aos visitantes do meu blog, que tem alguma ligação com o Jonas (pai, mãe, amigos, namoradas, gerentes de bancos e etc…) que também POSTEM NO MEU BLOG!! Caramba.. semana que vem eu fiquei SEM NENHUM COMENTÁRIO!!! SNIF SNIF SNIF… A melhor parte não é essa… a melhor parte é que eu chego no blog e não tem comentário.. mas quando eu vou ler o blog do Jonas… de 8 postagens, 4 são falando do meu blog.. huhaeuhaeuh.. pô galera.. fica aí o apelo… POSTEM TAMBÉM AQUI!!!! Postar no blog do Jonas falando do meu blog não vale!!!!!!

Mas continuando!!! A vida aqui na austrália ta cheia de emoções… Roubos em caixas eletrônicos, chineses armados até os dentes dormindo ao lado do seu quarto, TCHECAS ardentes que aparecem e desaparecem da sua vida numa velocidade imensurável e etc.. Só que, claro, como que não tem história não viveu, acho que se tivesse algo que eu diria que seria o tema da minha viagem aqui da Australia seria a singela pergunta abaixo”: SERÁ SE EU VOU CONSEGUIR DINHEIRO PRA PAGAR O ALUGUEL DA SEMANA QUE VEM?

Pois é. Desde que cheguei em Sydney essa é a pergunta que eu me faço todas as semanas, sério, não tou brincando… uhaheuhuaauh.. minha vida acaba se tornando um inferno toda segunda-feira, pelo simples fato que nos finais de semana eu costumo gastar um pouco mais e quando chega na segunda-feira sempre vem aquela pergunta: COMO DIABOS EU VOU PAGAR A PORRA DO ALUGUEL AMANHÃ (eu sempre pago na terça)? Acaba que toda vez o santo protetor dos lisos dá aquela forcinha e sempre aparece um trampo na terça ou aquele dinheiro que você achava que nunca ia poder contar acaba surgindo.

Mas pois é… tudo isso só pra falar a velha máxima de sempre, a que vocês já estão acostumados de ler.. DESEMPREGADO NOVAMENTE.. É.. só que dessa vez fui eu quem me demiti, dá pra acreditar? É… sou chique!! Cheguei lá na porra do restaurante do chef e só emendei: Cara… arrumei outro emprego.. o bicho só falou: aparece na segunda pra receber tua grana… ouvi e fui embora… Pois é.. sabe aquele cara que namorava aquela loiraça dos olhos azuis, fogosa, TCHECA, lindíssima com 1,65 (é, cara… tou botando na minha realidade, mulherão pra mim tem 1,65) e no outro dia aparece na faculdade dizendo que não tá mais namorando a mesma porque ele terminou o namoro? Na verdade todo mundo sabe que ele terminou antes dela terminar, só pra falar pra todo mundo que ele foi o responsável pelo rompimento… Pois é, quarta feira eu faltei o trabalho (por uma razão que já explico) e antes que ele me demitisse na quinta eu já me adiantei e marotamente fui lá e me demiti… ah meu… sai fora!! Ser demitido outra vez?

A melhor parte foi o Jonas me falando que na quinta ele foi numa agência de emprego pra procurar uns trampos e na hora que ele tava chegando ele só viu aquela almôndega imensa entrando no táxi… o chefzão nem esperou eu me demitir, na quarta mesmo ele já aproveitou pra ir na agência de emprego pra procurar outro cara pra trabalhar no meu lugar… mas e’ claro.. antes dele falar “rua pra voce”, eu fui mais rapido que a chinesa quando começa a farejar dinheiro e me demiti!
Segunda feira quando eu chego la e vou receber meu pagamento eu so vejo as contas do bicho… a almôndega me paga ONZE DÓLARES A HORA (ao invés de 12) e me faz pagar 28% de tax, quando na verdade eu deveria pagar 10%… o tax eu até desencanei, pois será uma grana que eu receberei depois, mas os outros dólares que ele me pagou a menos eu fui perguntar: Prezada almôndega, porque estais me pagando menos? O bicho só me responde… pelo simples fato de que “you cost money for me!!!” Caralho!! Eu pergunto porque.. o bicho só fala.. porque você trabalha muito devagar!! Caralho.. claro PORRA!! Por isso que você me paga 12 dólares a hora e ao invés de me pagar 15 dólares, porque eu tou começando agora, como trabalho mais devagar, recebo menos dinheiro… mas o bicho não quis nem papo… só falou que não ia pagar e ponto! Pense num menino que deu uma vontade de fazer um americano a molho pardo na hora, só não enchi aquele merda de bolacha porque se eu fosse pra cima dele com certeza eu ia levar um sacode bonito, eu ia apanhar pacas… esqueceram que o bicho é IMENSO??? Se juntar a TCHECA IMENSA (!!!!) então.. tou ferrado… vou apanhar mais que vaca quando entra na horta… tenho só 1,62 de altura… sai fora…

Mas tudo bem, agora a melhor parte. Um brother meu, o baiano, me passou um bizú de uma agência de emprego que a galera tava contratando neguinho a rodo… peguei meu metrô e desci pra lá.. chegando lá levei um lero com a minazinha da recepção e ela me falou que eu podia fazer um application se quisesse.. eu beleza… quando eu sentei, ela me dá um formulário do tamanho do mundo pra eu preencher.. eu só olhei pra ela e falei.. it’s a big apllication, isn’t? A mulher só me responde com um sorrisinho cínico na cara… this is nothing… caramba.. a mulher começou a tirar formulário por cima de formulário… mas era coisa… COISA!!!! Formulário pra saber os meus principais dados, formulário pra preencher com dados do banco, formulário pra preencher pra tax file number, formulário pra poder fazer conta, formulário pra saber o tipo de mulher que eu mais curto (mulher CURTA (péssimo trocadilho (pra falar a verdade a gente pode colocar parênteses dentro de parênteses?))) e etc… Mas no final valeu a pena, viu? No outro dia quando me chamaram pra trabalhar eu recebi, em um dia, o que eu recebia pra ficar aturando aquele almôndega americana durante uma semana… o problema era só o servico…

estou eu… na quarta feira acordando.. vou no banheiro, claro, com meu celular a tiracolo, boto o bicho na pia e de repente o mesmo começa a tocar desesperado, mais rápido que o Jonas limpando a cozinha eu pego o celular e atendo… Hello claudio, are you available for today? Uh.. já nasci pronto… ela só fala, tou mandando um cara pra te pegar aí daqui a uns 20 minutos, valeu? Eu pronto.. só falo, blz!! Mas detalhe, EU TINHA ACABADO DE LEVANTAR!!! Pense num menino que rancou o aparelho dos dentes numa vula e começou a desesperadamente se assear de manhã… joga aparelho no estojo, ranca escova de dente e enfia na goela, ranca essa meleca do olho seu idiota, passa na cozinha, não, não dá tempo de assar um pão de alho, pega 3 pães de forma, passa uma manteiga e enfia no bucho, não, não deu pra encher, ranca uma maçã e sai comendo no caminho, volta, volta, esqueceu o celular, cacete, onde tá a porra da chave?, volta de novo, esqueceu de trancar o quarto, corre cacete, sai de novo, corre que o cara já deve tá chegando. Depois de todo esse aperreio, fico na porta da minha casa esperando uns TRINTA MINUTOS e o safado me liga falando que tá numa porta… eu só penso, blz, vamo lá. Encontro uma van parada em frente ao meu condomínio, com um tiozão, parecendo o leôncio do picapau, sentado nela. Aí eu disse.. vamo lá, né? O que seria um peido pra quem está cagado? Vou conversar com o bicho e só recebo um simpático “não sou eu” e começo de novo a procurar o bicho.. achando o bicho, descubro que meu serviço hoje será simplesmente promover entregas de cadeiras, mesas e afins.. caraca… o cara era muito gente boa… australiano e talz (o que aqui na austrália é raridade, difícil achar australiano aqui, viu?)…

pois é.. o serviço foi muito complicado.. primeiramente a gente foi pegar uma mesa e 3 cadeiras e levar pra longe, mas MUITO LONGE.. jacareí pra quem é de sao josé, maiobão pra quem é de SL, e val paraíso pra quem é de brasília.. caraca… quase quarenta minutos sentado o tempo todo e conversando com o cara.. mas beleza… 18 dólares a hora eu até aguento… depois de deixar essas cadeiras a agente desce de novo pro centro e pega mais umas mesas.. e lá vai a gente de volta pra jacareí-maiobão-val paraíso… mais quarenta minutos só treinando o inglês (é… até consegui conversar marromeno com o bicho)… deixa suas 3 mesas e de lá o nosso amigo vira pra mim e fala.. LUNCH TIME!!! Blz, vamo comer o que? O cidadão só me pára numa dessas conveniências qualquer e compra um Corneto e um saco IMENSO daquelas jujubas.. mas sabe aquelas molengas que dói a cabeça só de lembrar delas? Açúcar por todo o canto, chega brilhava com a luz do sol… Caraca, como o bicho conseguia almoçar aquilo? O pior que toda hora ele me oferecia e era só eu cheirar aquele negoço que meu estômago já começava a enmbrulhar… mas continuando o trabalho vamos em frente…quase 2 da tarde, realmente começo a trabalhar… e o que foi? Tirar plástico de pé de mesa e ficar limpando em cima… nossa.. como cansou… o tratamento do cara era igualzinho ao o da nossa almôndega americana… ele explicava alguma coisa, eu não entendia, pedia pro bicho repetir, e acredite se quiser, ele não começava a fazer escândalo e a despirocar o cabeção gritando comigo, ele apenas repetia e me explicava calmamente. Estranho esse jeito dele de tratar as pessoas, né? Depois de passar o dia inteiro sentado numa van passeando por Sidney, descubro a pior parte, iria ganhar parcos 120 dólares por esse dia de trabalho, sendo que uma SEMANA no americano eu ganhava 130… dá pra comparar? No outro dia foi só aparecer no restaurante e falar pro bicho… amigo… com licença… tou fora.. uhahueauhue

Mudando um pouco de assunto… estou eu… outro dia lá em casa lendo o meu bendito livro deitado no meu quarto e de repente eu só escuto… psit, psit, psit.. e eu pensando, que porra é essa? Desencanei e continuei lendo. Mas a porra do barulho não parava… Que diabos é isso? Vou sair do quarto para averiguar… quando abro a porta eu só vejo aquela visão do inferno… UM CHINÊS SENTADO NA PORRA DO VASO SANITÁRIO COM A CALÇA ENTRE AS PERNAS!!! Eu só pensei.. QUE PORRA É ESSA? O QUE DIABOS ESTÁ OCORRENDO? Beleza, depois dos cinco primeiros segundos de choque e sem reação resolvo tentar, digamos, contornar a situação… Pergunto pro bicho o que ocorreu e ele humildimente me pede para eu buscar o papel higiênico dentro do quarto dele. Presenciando aquela cena, de um chinês literalmente sem as calças, pensei em, claro, marotamente correr pro meu quarto, pegar a máquina e bater algumas fotos humilhantes do nosso amigo chinês. Mas depois… pensei mais sabiamente e lembrei do verdadeiro arsenal que ele guarda no quarto ao lado e que o mesmo, também marotamente, poderia vim pra ter uma conversinha um pouquinho menos humilhante e cortar os meus fapos fora e colocar minhas tripas do avesso e por isso me contentei em apenas pegar o papel higiênico pro bicho e voltar a ler meu livro…

E por último.. hoje tava eu tendo que entregar um trabalho pro professor(é.. depois de 2 anos de UNB essas drogas desses trabalhos em word ainda me perseguem). Podia entregar até as 20:00.. quando é 15 pras oito eu enfim termino o trabalho e corro pra impressora pra imprimir.. como vocês já devem estar acostumados com minha vida bandida. podem deduzir, claro, que a impressora travou na hora, afinal, se alguma coisa tem probabilidade de dar errado comigo, ela vai dar errado e da pior maneira possível… Fiquei tentando imprimir e a porra da impressora nada de colaborar, depois de muita luta consigo fazer a bicha, enfim, começar a imprimir.. daí beleza.. era só esperar a fila de 37 IMPRESSÕES pra poder começar a imprimir meu trabalho de UMA FOLHA. Como já eram 10 pras oito e não dez pras seis eu tive que sair voado do sexto andar (a escola fica em um prédio de oito andares, onde a mesma ocupa dois andares, o sexto e o segundo, eu estava no sexto). Só pedi pra um brother ficar olhando minha bolsa por um instante PORQUE EU JÁ VOLTAVA!! E desci pro segundo andar (andar que tem outra impressora), blz… lá vou eu descer pro segundo… chego no segundo e com muita luta eu consigo imprimir a minha ÚNICA FOLHA… blz… fiquei felizão, mas saí voado pro sexto andar pra poder entregar pro professor. Entrando no elevador. O que acontece? Já tinha dado oito horas e quando dá oito horas o elevador não sobe mais, ele só desce. Enquanto eu estava aperriado no elevador pensando o que ia fazer (afinal minhas coisas estavam no sexto), alguém chama o elevador e lá vou eu pro térreo… e agora? O que posso fazer? Não poderia mais subir e ainda tinha que entregar um trabalho e pegar minha bolsa… Blz.. solução simples.. é só ficar no elevador e esperar alguém, no segundo ou no sexto andar, chamar ele… blz… lá vou eu e começo a esperar… engraçado que o elevador ficava fechado e ficava o trouxa lá dentro esperando subir.. às vezes neguinho abria a porta e olhava eu esperando lá dentro, só devia pensar.. QUE PORRA É ESSA??? Mas beleza.. depois de 20 MINUTOS ESPERANDO QUE NEM TROUXA alguém resolve chamar o elevador… e lá vou eu subindo… pra que andar? PRA QUE ANDAR? Claro, pro TERCEIRO… Chegando no terceiro entra o carinha da segurança e eu só pergunto.. tu podes destravar pra mim pra eu ir pro sexto? Aí ele, blz.. espera só um pouco.. o bicho destrava, aperta o quinto e sai do elevador… e eu lá, de trouxa esperando… DE REPENTE AS PORTAS SE FECHAM DE NOVO!!! E LÁ VOU DESCENDO!!! Diabos, fiquei mais angustiado que barata de cabeça pra baixo. Próximo destino? Segundo andar. Blz.. menos mal.. andar da escola… chego no segundo andar tá o meu amigo tentando imprimir e o professor do lado dele esperando.. entrego a porra do trabalho pro professor e só pergunto… CADÊ MINHA BOLSA? O bicho só fala.. ih cara… esqueci.. DIABOS!!! Lá vou eu começar a pensar de novo como diabos eu vou fazer pra voltar no sexto e pegar minha bolsa… depois de tanto tempo pensando.. eis que me falaram que o cleaner era o detentor do anel, digo, era o detentor da chave e pedi pra ele me emprestar… e pude enfim, depois de muita sagacidade, completar minha missão…

é galera… vou ficando por aqui… claro que o que aconteceu na quarta e na quinta eu não vou postar agora… senão semana que vem fico sem história… mas vou só adiantando… tem trabalho na parada e claro… vou trampar no domingo!!! DE MEIA NOITE ATÉ SETE DA MANHÃ!! E VAI SER DE PEÃO!!! VAMO SÓ VER O QUE SAI DISSO..

abraços maranhenses

5 comentários em “Vida louca vida, vida breve, já que eu não posso te levar, quero que você me leve…

  1. Atendendo seu apelo, digo q. nos divertimos muito lendo suas historias. Essa do elevador tava dificil de entender ou acabar, aliás, nem entendi, deixe prá lá. Console-se, todo baixinho diz q. tamanho não é documento, nos peq frascos é q se encontram as melhores fragancias. Apreoveite bem este emprego, pq n é toda hora q se tem oportunidades como essa, conhecer a cidade d maneira remunerada. Se tiver vaga qro trabalhar uns dias contigo. Um abraço. Pai do Jonas.

    Curtir

  2. Aih ki tive que comentar de novo, pq eu fui ler os comentarios acima e de deparei com o primeiro, kicomentario paia esse primeiro aih, eu curto ler todinho, ateh os pontinhos e os parenteses dentro dos parenteses. huhhuahauhauahuahuaDiscordo, eh grande mas eh gostosao de ler… =]kiser escrever soh pra mim, adoroooo!!!!!!1

    Curtir

  3. Condordoo com a pessoa acima.É grande mas é muuuuito bom. Primeira vez que visito o blog.. e adoreii! ahaahhame divirto.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s