Homeless – moradores de rua

Cara, eu sempre pensava em postar algo relacionado aos MILHARES de mendigos que temos aqui em Santa Bárbara, mas sempre ia me esquecendo. Eis que um dia eu fui comprar Big Macs mágicos de um dólar no McDonald’s e me deparei com uma singela tranca na porta do banheiro que mais parecia uma daquelas trancas de cofres.

Comecei a pensar que lógica tinha aquilo, disponibilizar um banheiro no estabelecimento, mas ao mesmo tempo colocar uma tranca de cofre pra ninguém entrar. Depois de algum tempo matutando, percebi que havia um espaçozinho para que fosse posto uma moeda dentro. Fui ao caixa e descobri que pra poder usar o banheiro deles, ou você paga 25 centavos, ou, ao comprar algum lanche no McDonald’s, eles te dão uma moedinha especial que você coloca dentro pra poder usar o banheiro. Conversando com amigos descobri que eles tiveram que tomar essa medida especial devido ao IMENSO número de mendigos que tem aqui na cidade vagando pelas ruas. Antes deles implementarem esse sistema de “banheiro cofre”, muitos mendigos iam lá, usavam o banheiro e praticamente tomavam banho na pia da parada, deixando uma bagunça imensa, além do inconveniente de ter um mendigo fedorento dentro de um restaurante.

Depois comecei a prestar atenção e percebi que TODOS os estabelecimentos de Santa Bárbara ou tem banheiros como os citados, ou enchem de cartazes as suas vitrines dizendo que seus banheiros não são públicos. Não raro, você vê funcionários de lojas enxotando mendigos que tentavam malevolentemente utilizar os banheiros.

É engraçado você ver esses caras pelas ruas daqui. No Brasil, quando você vê alguém jogado na rua, você fica até com pena, porque, cá entre nós, a vida no Brasil é difícil e, apesar dos inúmeros programas sociais do governo, não é tão fácil conseguir um emprego e pagar suas contas.

Mas aqui, doido? Porra, é como eu já falei pra vocês! Eu cheguei aqui com visto temporário, inglês marromeno e sem conhecer ninguém, em menos de três semanas já tava com a vida engatilhada. Esses mendigos são todos americanos, falam inglês nativo e podem trabalhar quantas horas quiserem. Porque eles viram mendigos então? Chega a ser engraçado quando você, depois de uma jornada de trabalho de 12 horas em um dia, está no caminho de casa, só o bagaço da laranja e chega um mendigo desses e te pede um trocado! Dá vontade de desmembrar um cara desses, não dá? No Brasil, quando alguém me pede dinheiro, se eu tiver uns trocados, umas moedas, eu até dou, se não tiver nada, eu até digo educadamente que realmente não tenho e até troco uma idéia com o cidadão, pois, como disse, dá pena ver alguém marginalizado no Brasil. Aqui? Esses caras vem falar comigo eu faço questão de virar a cara e deixar eles falando sozinho.

Ao contrário da questão social que leva à mendicância no Brasil, aqui nos EUA grande parte desses mendigos ou são hippies preguiçosos que não saíram da loucura de Woodstock até hoje ou nativos que se envolvem com drogas e acabam caindo nesse mundo. Dar dinheiro é apenas mais um meio de mantê-los se drogando e coisas do tipo. Só pra vocês terem uma idéia, grande parte desses caras têm a minha idade que eu e não aparentam nenhuma deficiência física ou mental, só a preguiça de trabalhar mesmo.

Outro dia teve um que foi até engraçado. Eu tinha gastado quase 15 minutos pra ir pro McDonald’s mais próximo pra poder comprar dois Big Macs mágicos e na hora que eu tou voltando, um vagabundo me veio com a seguinte frase:

– Oi amigo, será se eu poderia ficar com o seu lanche?

Não precisa dizer que deu vontade de enfiar os Big Macs no “…” dele, né? Pombas, pensei em falar “Claro, por que não? Por que não gastar 30 minutos da minha vida pra depois dar minha comida pra um vagabundo!”, mas me contive e apenas o ignorei como de costume.

Gostou do post? Então curta nossa página no www.facebook.com/omundonumamochila para sempre receber atualizações.
 
Quer entrar em contato direto com o autor ou comprar um livro? Clique aqui e tenha acesso ao nosso formulário de contato!
 
Quer receber as atualizações direto no seu e-mail? Cadastre-se na nossa mala direta clicando na caixa “Quero Receber” na direita do blog
 
Se gostou das fotos, visite e siga nosso Instagram para sempre receber fotos e causos de viagens: www.instagram.com/omundonumamochila

Um comentário em “Homeless – moradores de rua

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s