"Breaking the Law"

Localizacao do vulcao e do lago. Proximo a cidade de Kintamani
Como já havia falado, em Bali tem um vulcão no meio da ilha. Coisinha boba, coisa de alguns milhares de metros de altura. Acordei cedo em Ubud e segui viagem. Quando estava a caminho, vi só aquelas sirenes. Polícia! Não que os caras estivessem correndo atrás de mim ou algo assim, mas eles estavam parando todo mundo pra poder checar os documentos. Me toquei que… er… bom… eu não tinha carteira de motorista internacional, tampouco carteira de moto, mas fui lá, fui em frente fingindo que tava tudo certo.
O cara estendeu o braço e me parou. O guardinha, até gentil, foi me pedindo meus documentos e eu fui lá, fingindo que não tinha nada de errado. Registro da moto, registro do aluguel da moto e talz. Ele pediu a carteira de motorista. Com a maior cara de pau, dei a carteira de motorista brasileira e falei que a categoria “B” significava categoria “Bike” (moto em inglês) logo eu estava habilitado para dirigir moto. Só sei que o cara não caiu muito na conversa e começou a encrencar que minha carteira não era internacional, que isso era sério, que ele podia me levar pra delegacia e coisas do tipo. Eu vi que ele tava querendo me pressionar. Fiquei de boa e falei:
– Oh, meu amigo, claro que essa carteira aí é internacional.
– Mas tá tudo em português, meu caro! – ele respondeu.
– Sim, mas é internacional, é que a parte em inglês fica na parte de trás da carteira, olha o outro lado pra você ver.
Minha carteira de motorista fica dentro de um envelopinho. Quando ele virou a carteira de motorista, na parte detrás dela, dentro do envelopinho, reluzia uma notinha de 50000 rúpias, algo como 10 reais. Rapaz, mas na hora que ele viu aquela notinha brilhando, ele abriu foi logo um sorrisão. Mas na mesma hora minha carteira virou internacional:
– É mesmo, eu não tinha notado que era internacional. Às vezes eu preciso ser mais atento. – disse ele pegando o dinheiro disfarçadamente e com um sorriso maroto.
– Relaxa, seu guarda, acontece.
Claudiomar Jean: – “Porque com uma moto possante na mao, as regras existem para ser quebradas”. Blog omundonumamochila.com mostrando que tambem sabe ser rebelde.
E lá fui eu seguindo viagem…

3 comentários em “"Breaking the Law"

  1. Já foi prevenido sabendo os valores tabelados para comprar policiais na Indonésia, né?Até que o preço para a carteira de motorista virar carteira internacional não é tão cara… eheheheh

    Curtir

  2. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk[…] dentro do envelopinho, reluzia uma notinha de 50000 rúpias, algo como 10 reais. Rapaz, mas na hora que ele viu aquela notinha brilhando, ele abriu foi logo um sorrisão. Mas na mesma hora minha carteira virou internacional:– É mesmo, eu não tinha notado que era internacional. Às vezes eu preciso ser mais atento. – disse ele pegando o dinheiro disfarçadamente e com um sorriso maroto.– Relaxa, seu guarda, acontece.Rolando de rir aqui, tu é o kra pow!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s