Perambulando por Katmandu – Parte 1

Cara, como já falei antes, Katmandu mas parece uma cidade medieval. As ruas estreitíssimas e a pouca iluminação te dão a impressão que a qualquer momento você vai dar de cara com o Ricardo Coração de Leão. Devido a isso a cidade respira MUITA história.
Eu e Samanta, decidimos dar um rolê pela cidade, pagar alguns guias (muiiitoo barato, cara. Coisas de cinco ou seis reais pra um tour de umas quatro horas) e sair descobrindo os segredos escondidos por aquela ruas. Vou escrever o que achei mais interessante.
Katmandu e’ caos!!
Lembrar que todas informações que passo aqui me foram ditas pelo guia.
De começo fomos a um templo dedicado a deusa Kali, uma das mulheres do ja famoso Shiva! Nao e’ preciso dizer que Kali tambem esta associada a destruicao, ne? Eu so fico com medo e’ como deve ser um dia nessa casa do Seu Shiva quando a Kali ta com TPM!! Labareda pra tudo que e’ lado, o mundo pegando fogo e um menino com cabeca de elefante MONTADO em cima de um RATO (Ganesh) correndo pra cima e pra baixo!! Nao e’ de se estranhar que vez ou outra Shiva sai pra meditar por alguns milhares de anos!!!
O templo foi construído no ano de 1600 e fica na praça central de Katmandu. Quando voce entra, por todos os lados pode se ver as diversas retratações de Kali salpicadas com tintas vermelhas e amarelas.
Tecla PAUSE
 
As cores vermelha e amarela são bem representativas para os Hindus. A cor amarela serve para representar tudo que é mais sagrado e ao mesmo tempo também representa vitória. Já a cor vermelha é utilizada para proteger do mal e devido a isso (e alguém na sessão de comentários já tinha até perguntado) os Hindus costumam às pintar um circuluzinho entre os olhos com a cor vermelha pra poder protegê-los de maus pensamentos. Por via das dúvidas sempre que eu ia comprar algo, eu comprava na mão de alguém que tinha isso pintado na testa, sei lá, às vezes os pensamentos maus do cara saíam da cabeça dele e ele acabava por não me enrolar.
Ganesh pintado de vermelho e amarelo 
 
Tecla PLAY
 
O templo em si vale a visita devido ao fato de que lá vive uma menina que eles acreditam ser a reencarnação direta da deusa Kali. O mais interessante, e o que eu diria até engraçado, é como eles fazem pra checar se a menina é mesmo a reencarnação de Kali. Ela deve ter por volta de cinco anos e é trancafiada dentro de uma sala do templo pro 24 horas. Se nessa vinte e quatro horas ela não gritar, não espernear e demonstrar bravura, eles tem certeza que ela realmente é a reencarnação e começam a educação propriamente dita da criança.
Kali e Shiva. Reparem na maozinha MAROTA de Shiva, o bonequinho da esquerda! Reparem aonde e’ que ela ta… Segundo o guia essa duas esculturas foram posta na janela desta maneira para deixar bem claro que o amor entre os dois ainda se mantem vivo mesmo depois de milhares de anos.
Gente, acho que vocês não pegaram a situação, É UMA CRIANÇA DE CINCO ANOS TRANCAFIADA POR 24 HORAS!!! Eu fico imaginando a cena da mãe de uma menina dessa conversando com comadres na porta de casa:
– O que a sua filha fez hoje comadre?
– Ah, a minha foi pra escola, hoje tinha aula de pintura.
– A minha foi para a casa das amiguinhas dela pra brincar.
– A minha foi ficar trancafiada numa casa empoeirada de 500 anos atrás com uma pancada de maluco dancando e gritando do lado de fora! Ela vai ficar lá durante vinte quatro horas e nao pode gritar! Se ela e’ deusa Kali ou nao, eu nao sei, eu so sei que nunca mais vai reclamar do quarto dela quando voltar pra casa se ela sair viva dessa!!
Pois é, e você aí achando que admissão no BOPE era “o que é”! Eu queria ver era o Capitão Nascimento passando no “teste do Deus Kali”, meu amigo! Eu fico imaginando a menininha falando pro Capitao Nascimento:
– Tira essa roupa vermelha e amarela que você não é Deus Kali p* nenhuma, você é MULEQUE!!
Depois que a menina passa no, digamos, teste de fogo, ela recebe uma educação apropriada e é tratada como um Deus vivo. Eles até evitam que ela caminhe muito. Depois disso ela sairá do templo apenas 13 vezes por ano e será uma importante conselheira para o governo nepalês. Eu não sei se isso tudo é verdade, quem me falou foi o guia, hehehe.
Andando mais pela praça, fomos visitando diversas construções de diversos séculos. Século XV, XII, X… Mermão, chegamos a ver construções antigas que acredita-se terem sido construidas no século SETE!!! Pra quem não fez as contas, isso é entre os anos 601 e 700 d.C! Sensacional! Dentre as diversas esculturas situadas nesta praça milenar, podemos encontrar algumas esculturas do tão famoso Kama Sutra. Diversos e diversos bonequinhos na parede nas mais variadas posições sexuais que você imaginar. Isso tudo pra mostrar que a depravação já está presente na humanidade há muito mais tempo do que imaginamos…
Praca que acredita-se ter sido construida no seculo VII
Ele também nos mostrou o templo (abaixo) aonde eles, uma vez por ano, sacrificam 180 búfalos e 180 galinhas. Eles fazem isso para poder satisfazer a sede de sangue de Kali e assim não voltar a sua fúria contra as suas famílias.














Uma parada que eu achei interessante que ocorre na India e no Nepal. Assim como pra gente e’ comum voce andar de mao dada com a namorada, nesses paises e’ normal, e nao ha nada de gay nisso, de dois amigos andarem de maos dadas pelas ruas. Isso significa que a pessoa o qual voce esta de mao dada e’ bem proxima a voce. Massa, ne?

32 comentários em “Perambulando por Katmandu – Parte 1

  1. iradO!aguardando a parte 2 …PS: sem qrer ser chata mas já sendo, continuo aguardando a resposta do meu comentário anterior. Se pá tu diz q eu t add no orkut ok?Obrigadinha!BjsPitti

    Curtir

  2. me conta uma coisa… tu e o “coração gelado” estao de rolo?pára q vou acreditar que tu nunca deu uma espiadinha no bumbum dela(no mínimo), com tanto tempo rolando pelo mundo afora!mas te explica aí!vlw!

    Curtir

  3. jiheiueh eh mesmo vei,massa anda r de maos dadas com maxos?sai dae 😛 eu ate curto ser relax e compartilhar valores culturais diferentesMAS PORRA MARANHAO< MAXO DE MAOZINHA COM MAXO N ROLA NE?safadao!asihsauius abraços reips: cs taum tudo loco, coração gelado parece akelas nerds de filme americano, lá ele…uiehiueheuiee

    Curtir

  4. opa! acho que vc nao vai se lembrar de mim, eu te incomodei no orkut algum tempo atrás, hehehe, sou de BH.. bom, continuo adorando ler seu blog. aliás já tô planejando melhor o meu próprio mochilão pelo mundo.. e fique sabendo que eu ainda vou cobrar aquela lista com todas as cidades que vc foi, quanto tempo ficou e modo de transporte utilizado! 🙂

    Curtir

  5. so blog do hypescience saiu uma materia sobre essa menina que e considerada deusa ai …XDparece que tem um supersticao de que os homens que casam com ela morrem cedo e por isso essas mulheres quando crescem tem dificuldades em arranjar maridos ..XD saiu semana passada essa materia ..

    Curtir

  6. essa anonymous ai deve ser tua namorada né Claudio??…. “namorada do Claudio só quero te dizer que tmbm….. O AMOOOOOO MUITOOOOOOOOO….op’s não se preocupe….ele não é o meu numero, mas as histórias dele e a persona dele é que me encantam…valeu!! xeruuu

    Curtir

  7. Oi, Leila!Tudo bem?Então, até onde eu saiba, ele é meu namorado e já até tem um tempinho! Confere bezinho? Então, o meu AMOR por ele é muito declarado. Amor, Eu TE AMO!!!Ahh!! Eu sou MUITO ciumenta!!..heheMas deixo que outras pessoas o amem, pq ele é muito ESPECIAL!!!..Beijos

    Curtir

  8. ahahhaSensacional parar pra imaginar o dia-a-dia na casa de Shiva…Esse método que eles usam pra saber se a menininha é ou não a reencarnação de Kali é ótimo tbm heimm hahahah./Machista mode [ON]E essa parada de andar de mão dada eu ainda assim acho uma viadagem!!!haha/Machista mode [OFF]E um comentário pra Taize, tipo, pra comentar com teu nome é só clicar na “bolinha” Name/URL e digitar ele lá… nem é dificil… AUHiaHIUA 😛Abraço.

    Curtir

  9. Lá vem eu com a mania de observadora!! RS!! Na foto do Templo da Deusa, tem uma janela dourada com um negócio no telhado, dá pra explicar o que é isso?

    Curtir

  10. Olá, sou jornalista e estou realizando uma matéria sobre brasileiros que estão no estrangeiro e têm blogs para contar suas aventuras… Gostaria de lhe entrevistar. É possível?Aguardo retorno entre hoje e amanhã!Meu e-mail é marina@batalhadefas.com, mas peço que ao responder a mensagem, mande cópia para o meu outro e-mail: mah_nt_bs@hotmail.com(eles têm dado uns paus ultimamente, a cópia assegura que pra um dos dois a sua resposta chegará)

    Curtir

  11. Testando conhecimento repassado por Celso!!E quebrando a corrente dos 19..20 uhuuuuuuuuu.. podia ser 23 o dia do meu aniversário… digo.. nosso, neh.. amor!!

    Curtir

  12. Celssssssssssssooooo!!!Deu certoooo!!Tô felizz!!Amor!!!TE AMOTE AMOTE AMOTE AMOTE AMOTE AMOTE AMOTE AMOTE AMOTE AMOTE AMOTE AMOTE AMOTE AMOTE AMOTE AMOTE AMOTE AMOTE AMOTE AMOTE AMOTE AMOTE AMOTE AMOTE AMOTE AMOTE AMOTE AMOTE AMOTE AMOTE AMOTE AMOTE AMOTE AMOTE AMOTE AMOTE AMOTE AMOTE AMOTE AMOTE AMOTE AMOTE AMOTE AMOTE AMO

    Curtir

  13. Oi Claudio, cara achei muito legal esses dois marmanjos de mãos dadas.Por isso é bom conhecer as coisas e com isso vemos o quanto nosso mundinho é pequeno!!!!Cynthia do gOIÁS!

    Curtir

  14. Maranhense, AMEI o último post…to adorando as histórias e cultura do Nepal…Além disso, só um comment a parte, a sessão de comentários tá tão divertida qnt o blog em si…BjMeLg!!!(Taíze eh só uma expressão tá???Não precisa ficar com ciumes…)

    Curtir

  15. Fala Maranhense!Andar de mao junto, vá lá… Mas essa paradinha que a “mocinha” da foto deu, entregou a paçoca, hein?? De perna aberta e com a mao nas cadeiras??? Isso no Brasil tem outro nome! Aqui na Espanha também!!! É “maricon” (eu acho… nao conheço nenhum!) kkkk!Abraços e os briefings estao ótimos.Marcos Paulo Barletta SchiavonClaudiomar Fan Club – Seçao Salamanca / ESP

    Curtir

  16. Cara…que massa esse seu blog véi, muito cultural. Sou de Salvador/BA, tenho 22 anos, ano q vem, to pretendendo dar uma volta por aí, europa talvez. Trab, juntar grana, viajar, conhecer outras linguas e por aí vai…tens email?!?!gostaria de algumas dicas, se não encomodo é claro.abraço ta de parabéns! =p

    Curtir

  17. Nossa, aqui na Turquia tambem eh assim…os marmanjos tudo andando abraçados!!!Ai outro dia tava andando na rua bem na hr de saida do colegio e vcs nao imaginam a cena: uns MONTE garotinhos de 15 anos de idade de bracinho dado!! nao era mao dada, nem abraço…era braço dado!! (sabe que nem quando a gente entra com nossos pais em formatura??)ehehehA Asia tem dessas coisas!Claudio, parabens pelo blog! Perco hoooras de trabalho lendo!ahahaha

    Curtir

  18. Se o Claudiomar passasse aqui pelo Mato Grosso com certeza teria no aeroporto, banda de musica, faixas e outros trecos.mereceMonica Favella

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s