Comentários Comentados

Belino comentou:

fala aí claudiomar!

finalmente cheguei no post de hoje. deve ter uns 2 meses que conheci o teu blog e vim lendo desde a austrália. é notável a melhoria que você fez nos posts no meio desse “caminho”. as presepadas são sempre divertidas, mas a grande informação cultural também é muito interessante (aquele post sobre os deuses indianos, pra mim, foi sensacional! entender que o fim (shiva) é tão importante como o início é uma mudança e tanto nas nossas mentes ocidentais).

enfim, ando planejando minha viagem também e sempre me surgem dúvidas. não to lembrando de todas no momento, mas tem 3 em especial que gostaria que respondesse (se possível!):

1) vejo você sempre falando de ligar, deixar telefone, etc. você levou um celular do brasil e habilitou roaming internacional? compra sempre um chip pré-pago quando chega em um lugar? conta aí…

2) a grana toda que você juntou (a que seu pai te deu, a que vc tinha, a do seu trabalho nos eua, etc), você vai sacando pelo mundo ou juntou tudo com você e levou (ou tem outra forma de administrar a grana)? fico imaginando: levar a grana toda por aí é um risco e tanto, não?

3) por falar em grana, você tem como divulgar quanto você usou nessa mega experiencia fantástica? isso vai ajudar bastante quem planeja algo assim…

valeu cara! continuarei acessando o blog. a única pena de ter chegado até o post atual, é que agora não tenho vários e vários textos por dia para ler e, de certa forma, viajar junto!

abração!

Aproveitando que estamos no “show do intervalo” do blog, vou aproveitar para responder a essas suas perguntas que devem ser perguntas de várias pessoas.

Vamos lá, vamos por partes:

1) vejo você sempre falando de ligar, deixar telefone, etc. você levou um celular do brasil e habilitou roaming internacional? compra sempre um chip pré-pago quando chega em um lugar? conta aí…

Cara, como funcionava… Comprei um celular enquanto estive nos Estados Unidos, o desbloqueie e fui comprando chips pelo caminho. Como funcionava a minha estratégia pra comprar chips? Se eu fosse ficar mais de duas semanas no PAÍS ou se o preço do chip fosse muito barato (pô, cheguei a pagar 2 reais por um chip na Indonésia) eu ia lá e comprava um chip pra poder ficar me comunicando com a galera. Sério, é MUITO mais fácil e eu só mandava mensagem, o que era consideravelmente mais barato. Mas acontecia de várias pessoas utilizarem os celulares dos seus países mesmo, mas sempre nesse esquema de só mandar mensagem…

2) a grana toda que você juntou (a que seu pai te deu, a que vc tinha, a do seu trabalho nos eua, etc), você vai sacando pelo mundo ou juntou tudo com você e levou (ou tem outra forma de administrar a grana)? fico imaginando: levar a grana toda por aí é um risco e tanto, não?

Isso foi uma parada interessante. Eu dividi a minha grana em três contas diferentes. Tinha uma conta com alguma grana aqui no Brasil, uma conta com MUITA grana nos EUA (que foi a o dinheiro que fiz trabalhando por lá) e também utilizava o cartão de crédito do meu pai. Como eu administrava isso tudo? Se você tem um cartão Visa, não importa se crédito ou débito, você pode sacar em qualquer caixa eletrônico do mundo que aceite Visa. Mágico, não?? Então sempre que eu precisava de dinheiro pelas quebradas, eu sacava em qualquer lugar do mundo. Porém, sempre há um porém. Porém as taxas eram MUITO caras pra poder sacar mundo afora. Eu pagava OITO dólares POR SAQUE cada vez que eu tirava dinheiro da minha conta dos EUA o que invariavelmente me fazia sacar grandes montantes de uma vez. Eu só sacava 500 dólares por vez e metia no bolso mesmo. Não era o mais seguro, mas pelo menos não corria o risco de chegar em uma região totalmente inóspita, que não aceitasse cartão de crédito e ter que fazer como um brother meu que no Vietnã teve que pagar um mototáxi pra viajar com ele 300 km até o caixa eletrônico mais próximo (300 km ida, 300 km volta, imagina?).

3) por falar em grana, você tem como divulgar quanto você usou nessa mega experiencia fantástica? isso vai ajudar bastante quem planeja algo assim…

Cara, eu basicamente planejava sempre gastar menos do que 20 dólares por dia, o que nem sempre eu chegava a gastar isso tudo. Quanto eu gastei no total? Bem de início investi 15.000 reais pra poder sair do Brasil. Nos EUA fiz mais 5000 dólares. Essa grana deu pro ano inteiro, a não ser no último mês que foi quando eu comecei a sacar dinheiro do cartão de crédito do meu pai 😛

No mais é isso, acho que várias pessoas já vieram me perguntando isso 🙂

abraços maranhenses

P.s: Pra galera que andou reclamando da falta de presepadas. Calma, galera, ainda estamos na introdução da Lituânia. Pode ter certeza que no próximo post vocês já vão dar algumas risadas… A Lituânia foi muito interessante, pode apostar!!

3 comentários em “Comentários Comentados

  1. show claudiomar! valeu pelas informações!

    vai ajudar muito com isso!
    conforme for tendo outras dúvidas, vou colocando aqui.

    continuarei acompanhado seu blog e já faço parte da corrente pra te colocar no jô! =)

    abs

    Curtir

  2. Pode-se dizer que você gasto 30 conto nessa “brincadeira” de viagem ao mundo.
    Seu parentes não te chamam de loco não?
    Tenho vontade de fazer uma loucura dessas, porém ainda não tenho estrutura financeira para isso (e o Visa do meu pai não é tão gordo hehehe)

    Continue viajando pelos seus leitores menos favorecidos hehehe

    Abs!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s