Comentários comentados

1 – Bruno Bononi comentou:

Pergunta meio óbvia (ok, pergunta TOTALMENTE óbvia e desnecessária), mas mandarei só pelo humor:

Não rolava o esquema carona amigo que você usou lá na Polônia/Leste Europeu?

Tipo, dispensava o turco mala e usasse a minazinha eslovaca como chamariz, ia angariando caronas até Istambul.

^^

Qualquer diferença sócio-cultural entre Polonia e a região fronteiriça entre Síria e Turquia é desprezível no exemplo.

hehehehehe

Abraços fi

R – Rapaz, se eu tivesse uma eslovaca como chafariz, acho que a última das minhas intenções seria descer com ela pra Istambul, não acha? Acho que eu iria procurar era ficar logo com ela lá pela Europa Oriental mesmo, hehehe. Além do mais, é complicado pra quem possui passaporte brasileiro ir da Europa Oriental para Istambul de carona. Os países no caminho não mais pertencem à União Européia e por isso precisaria de vistos para alguns lugares. Por isso foi mais fácil fazer isso de avião mesmo 😛

2 – Anônimo comentou no post “Eslovênia”:

Essa viagem parece o livro Mil e uma noites… não acaba nunca, rs!

R – Rapaz, e se eu te falar que provavelmente agora que chegamos na metade dos posts, você acredita?

3 – Janine comentou no post: “Procurando lugar pra ficar em Beirute…“:

oi
Já faz algum tempo que eu acompanho o blog, mas não tinha postado. Só que dessa vez não dava para deixar passar. É que eu acho que conheço o cara que vc conversou no bar. Qndo eu estava no colégio, tinha um cara que dirigia a oficina de jornalismo que eu participava. Ele tinha descendência libanesa, tava fazendo jornalismo na época e agora ele era correspondente da BBc no Líbano. Ah o nome dele era Tariq Saleh. Será que é o mesmo?…

R – Caraca, Janine, tu acreditas que é ele mesmo?? Coloquei o nome dele no google e acabei achando uma entrevista que ele concedeu e algumas fotos. Rapaz, é o bicho mesmo!! Coincidência, né?? Ta aí o nome do cara que eu falei no post sobre Beirute, galera. Acabei me encontrando com o grande “Tariq Saleh”, as fotos vão abaixo e o link da entrevista é esse aqui:

http://www1.folha.uol.com.br/folha/treinamento/ult76u351458.shtml.

O cara é tão chique que até verbete na wikipedia ele tem, se liga: http://pt.wikipedia.org/wiki/Tariq_Saleh\

4 – Anônimo comentou no post “Problemas com tradução”:

MARANHÃO VC AINDA TÁ VIVO????????????

Jota09 perguntou no post “Problemas com tradução”:

Cara, faz tempo que acompanho seu blog e queria fazer uma pergunta. Estou planejando fazer uma viagem como a sua, só que menor. Meu roteiro é Indonésia, Malásia, Tailandia, Camboja, Vietnã, Laos, Burma e Índia. Desculpe pela pergunta indiscreta, mas quanto você gastou mais ou menos nestes países? Parabéns pelo seu blog e vê se para de sonhar com o kanguru e seja mais ”ativo”no seu blog.

Abraço

Anônimo comentou no post sobre Istambul:

Sem comentarios…

ZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZ

R – Cara, esses dias realmente eu andei vacilando com vocês. Esse último mês foi realmente bem complicado. Teve uma vez que eu deixei um intervalo entre os posts de quase uma semana e meia e outro de mais de uma semana. Bem, eu não sei se isso pode resolver alguma coisa, mas o fato é que eu tenho que pedir desculpas. Esses últimos dias foram um tanto quanto complicados aqui. Estava estudando forte pra um concurso do Ministério do Planejamento e não obtive êxito. Depois que saiu o resultado eu realmente fiquei bem chateado e passei alguns dias sem querer fazer nada. Só ficava em casa deitado, vendo TV, dormindo e coisas assim. Fiquei bem abatido e não estava muito a fim de fazer nada. Depois de um tempo assim, que ocorreram ao mesmo tempo dos atrasos nos posts, que eu fui reparando que se continuasse dessa maneira o máximo que eu conseguiria era entrar em depressão ou ficar mais gordo do que estava. Por isso esses dias eu resolvi dar uma guinada, voltei a estudar, entrei numa academia e logo, logo, voltarei a trabalhar, estou apenas esperando ser chamado em um outro concurso que passei dentro das vagas, mas que paga 1/3 do concurso que eu estou estudando. Enfim, percebi que pior do que fazer coisa pra cacete, é ficar sem fazer nada. Ficar sem fazer nada só me deixava MUITO pior. Vou tentar postar pelo menos duas vezes por semana, palavra de escoteiro.

Além do problema do concurso o que me abateu também foi que por um tempo parecia que ninguém mais tava lendo aqui. Até a galera que costumava comentar por aqui, o Bruno, a Maricotinha, a Paulistana etc. não estavam deixando mais nada de comentários. Aí foi que eu fiquei puto mesmo. Falei pra mim mesmo que se ninguém comentasse nada, eu também não ia escrever 😉 Pode parecer frescura, mas ficar escrevendo com a sensação de que ninguém está lendo é um saco. Se for pra ser assim eu vou escrever é um diário ;P

Enfim, entre mortos e feridos, peço desculpas pela demora e vou tentar não atrasar mais…

11 comentários em “Comentários comentados

  1. larga de ser bicha que eu leio essa porra toda, de cabo a rabo sempre!

    Quando achar que tá com pouco feedback entra no bate papo do UOL ou manda um email que a solidão passsa! hahaha

    Curtir

  2. uahuahuah eu leio todos os posts desde início, seu blog esta salvo nos meus favoritos. Todo dia eu entro pra ver se tem novos posts. E volto a levantar a campanha: “MARANHÃO TRANSFORME SEU BLOG EM UM LIVRO”, sou o primeiro a comprar.
    Abçs

    Curtir

  3. Maranhão larga de boiólice,para de pensar no Kanguru tarado… toca esse blog.

    PS: Deixa essa historia de vida facil ( concurso publico), não é a tua cara, vc escreve bem é novo. Se arrisca um pouco e tenta fazer essa porra de escrever dar dinheiro porra

    Curtir

  4. Ahhhh cara que isso!

    O blog tá aqui nos favoritos há mais de ano! Teu blog ajuda a diminuir minha vontade de viajar! =P Jamais deixarei de entrar aqui pra ver suas presepadas hahaha

    Abraços!

    Curtir

  5. Claudiomar, não nos abandone, eu continuo lendo e acompanhando!
    Sempre sempre venho aqui ver se tem atualização, e nem sempre eu comento, é verdade. Mas voltarei a comentar, também dou minha palavra de escoteira (oi?)

    Adoro o blog porque me faz pensar a respeito de outros países, entender melhor a história, me causa interesse a pesquisar mais. Claro, fora o fato de que é a minha salvação nos dias em que o trabalho está um cú; eu venho aqui, leio e fico mais feliz, lembrando que existe um mundo lá fora além dessa droga de vida de proletariado hauahauhauaha

    Curtir

  6. Oiiiiiiiiiiiiiii, Claudiomar!! Puxão de orelha dado, comentarei sempre agora, ok? ehehhehehe

    “Quando achar que tá com pouco feedback entra no bate papo do UOL ou manda um email que a solidão passsa! hahaha” [2]

    Curtir

  7. Viadinho, Viadinho, Viadinho, Viadinho, Viadinho, Viadinho, Viadinho, Viadinho, Viadinho, Viadinho, Viadinho, Viadinho, Viadinho, Viadinho, Viadinho, Viadinho, Viadinho, Viadinho, Viadinho, Viadinho, Viadinho, Viadinho, Viadinho, Viadinho, Viadinho, Viadinho, Viadinho, Viadinho, Viadinho, Viadinho, Viadinho, Viadinho, Viadinho, Viadinho, Viadinho, Viadinho, Viadinho, Viadinho, Viadinho, Viadinho, Viadinho, Viadinho, Viadinho, Viadinho, Viadinho,

    Curtir

  8. e cara!
    Acompanho seu blog a muuuito tempo!
    Bem raro eu comentar! mas só pra vc não achar que ninguém passa por aqui hahaha
    Inclusive está nos meus favoritos!

    abraço

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s