1 – Rita Araújo comentou no post “E mais uma noite em Bratislava”:

Eu acho que tu é que não sabes sambar muito bem …eheheh lol estou a brincar =D

Em relação a só encontrares rapazes que leem o Blog…pura coicidência. Pois também tens raparigas que o leem eheh.

Também fiquei curiosa por saber o que era aquele fogo todo =P

Beijos

R – Rapaz, rapariga é sempre algo que a gente anda procurando no Maranhão. Coisa boa demais, nesse mundo!! Agora sabendo que até rapariga já lê meu blog, agora é que a putaria desenfreada vai rolar mesmo! Hehehehehe

P.s: Brincadeirinha, gente! A menina é portuguesa. Rapariga em Portugal não tem o caráter depreciativo que tem aqui no Brasil. Rapariga por lá é basicamente o feminino de rapaz. Me lembra quando eu tava em Portugal e uma amiga minha viu uma foto de minha namorada e me falou: – Nossa, que rapariga bonita!! Tive que lembrar que estava em Portugal pra não sentar a mão nela.. uhaeuheauhaeuahe

2.1 – Anônimo comentou na nos comentários comentados:

ótimo blog! bons comentários!

postando so pela emoção de comentar os comentarios ja comentados kkk…

se ele comentar isso aqui, vai virar um comentário do comentário dos comentários ja comentados, ja pensou? e esse ciclo é infinito, nao tem vocabulo na gramatica que me segure, meu amigo!

2.2 – Rita Araújo comentou no post sobre Budapeste:

Este homem é um espetaculo eheh…não morre lá no belo do tunel (ou levaste alguma mascara de oxigénio contigo????), ensina Salsa ao povo…é muito à frente eheh

Encontraste um compatriota meu eheh, tem mesmo cara de Tuga =D, a gente nunca engana lol

Beijossss

p.s. Já estava com saudades de ler as aventuras pá! =P

R – Eu vou dominar o MUNDO!! HUA HUA HUA (Risadas Maquiavélicas!!). E sim, virou um comentário do comentário dos comentários!! Isso é uma onda sem fim, amigo!

3.1 – Anonymous perguntou no post “E mais uma noite em Bratislava”:

vc não explicou o que é aquela coisa muito louca tocando fogo na terceira foto, fiquei curioso

3.2 – E Anonymous respondeu:

O palco pegando fogo:

http://www.youtube.com/watch?v=mDoODQ_6fD8

O nome do Pub em Bratislava é Alligator

R – Rapaz, eu acho muito engraçado quando essas coisas acontecem. De um cara deixar um comentário e vir logo outro embaixo pra poder responder. Essa do Pub, do cara saber o nome do lugar e ainda postar vídeo, confesso que me deixou meio impressionado 😉

4.1 – Bruno Bononi comentou no post”Hungria”:

Bacana o layout novo do Blog. Gostei Claúdio.

Ah, e se valer uma correção, você mandou uma redundância linda no início do texto. Hungria é um país europeu situado na europa, coisa do gênero.

E como você se esqueceu do John von Neumann como grande personalidade húngara? Se não fosse por ele, este blog, ou mesmo esta viagem não teriam existido!

hehehe

Só enchendo o saco mesmo. Procurei na Wikipedia para confirmar uma outra pessoa e descobri que o Von Neumann era húngaro, sem querer querendo.

^^

http://pt.wikipedia.org/wiki/Von_neumann

4.2 – Rita Araújo respondeu no mesmo post:

O que ele disse no inicio foi que a “Hungria é um país Europeu situado na Europa Central” lool.. Está bem escrito Bruno =P

Tavas distraido a ler =P

R – Professor Pasquale ficaria orgulhoso. Vai lá, agora corrige ela, tigrão!!! Eles que inventaram a língua!! Quero ver ter argumento agora!! uhaueheauheuhae

Oh Bononi!! Mas é claro! Como pude me esquecer do grande Von Neumann!?!? Um dos caras mais importantes da história da matemática. Valeu, Bruno, por ter citado o bicho!! Como eu podia ter esquecido!!

P.s: Alguém já ouviu falar deste corno na vida? Von Neumann?? Isso parece até nome de alemão! Nunca tinha ouvido falar, hehehe!!!

5 – Diego P. Rodrigues perguntou acerca desta camisa abaixo:

Onde é que tu arranjou essa camisa? kekekekeke Onde comprar? 😀

R – Taílândia, meu caro 😉

6 – Rob comentou no post “Hungria”:

Claudiomar, não sei se você já comentou, mas acho que o mais difícil nessa volta ao mundo toda não foram os apertos para conseguir cama e carona, nem as viagens pau-de-arara da Indochina ou do Oriente Médio, muito menos as gafes e as situações tensas ou estressantes.

Diga lá, o pior foi viajar sozinho a maior parte do tempo! Não foi não?

Cara, até eu que sou nerd quietão e tal ficaria deprimido se não tivesse alguém para poder comentar os causos na hora (ou até para ajudar, já que duas cabeças pensam melhor que uma), mas imagine você que é um esteriótipo de brasileiro extrovertido e boa praça. Diga lá, pessoas como a coração gelado e a polaca te salvaram a vida naqueles períodos da viagem né?

R – Cara, pior que não foi problema não. Eu viajava sozinho, mas sempre que chegava numa cidade nova conhecia alguém do Couchsurfing local e aí era só alegria. Eu viajava sozinho, mas a maioria do tempo eu sempre estava cercado de uma pancada de gente. Por isso que sempre era sussa… Como você mesmo falou, a Coração Gelado e a Gosia eu conheci por causa do Couchsurfing, né? 😉

5 comentários em “

  1. Claudiomar, quando eu leio os comentários comentados eu tenho uma certa dificuldade de distinguir onde é leitor comentando e onde é você próprio comentando. Não sei se é só eu, mas acho bem confunso rs… abraço

    Curtir

  2. Olá Olá

    Eu sei que conotação tem “rapariga” no Brasil =P…Mas pensei, vou dizer à mesma, aqui (em Portugal) não tem mal nenhum, e ele como pessoa inteligente que é, vai ver logo que sou Portuguesa ahahah xD.

    Pois é amigo..agora corrige lá…eheheh. Eu não sei quem é esse Professor, mas os meus de Português também ficariam! =D

    Beijosss

    p.s. E não vou levar a mal me teres chamado de menina…sim, porque aqui “menina” muitas das vezes é o mesmo que “rapariga” no Brasil =D [O português é tramado!! lol]

    Curtir

  3. Olha só rapaz, maranhense folgado criando picuinha entre os comentaristas do blog. hehehe

    E o Von Neumann eu conheço da Teoria dos Jogos e de algumas coisas em Economia (minha graduação). Só depois descobri que, além de húngaro, o brother também teve (muita) relevância no desenvolvimento da computação. Eu conhecia pouco, mas não dá para não dizer que ele foi phoda.

    Quanto a polêmica da redundância, na minha humilde opinião de colonizado, considero uma redundância dizer que o país é de tal continente se logo depois você expõe em qual região ele está situado dentro do continente. Dizer simplesmente que a “Hungria é uma país situado na Europa Central” já dá a dimensão que trata-se de uma país europeu.

    Ou fala que é europeu, ou dá a sub-região continetal dele (que por si só define em qual continente ele está). Afinal não há nenhum Brasil, país sulamericano, fora da América; ou uma República do Congo, país africano, que não esteja na África.

    Há! Rebatam esta agora Rita/Claúdio!

    hehehehe

    Acho bom frisar que só estou brincando convosco. Não sou nem tenho pretenção de ser um douto conhecedor da língua portuguesa, ou mesmo ficar discutindo com ninguém. Só entrei na brincadeira. 😉

    E para descontrair, fiquem com este vídeo:

    Abraços

    Curtir

  4. Olá Bruno =)

    Claro que é tudo na brincadeira eheheh,fizeste bem em entrar =D sim o que disses.te também nao está mal nao senhor =D Mas o que ele disse também nao. São formas diferentes de escrever pronto lool

    Resumindo, todos percebemos a mensagem do Cláudio e pronto =D

    Muito giro o video eheh

    Beijos aos dois

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s