Hospedagem em Laayoune, capital do Saara Ocidental – Quando o hotel é uma das principais partes da viagem

Ao chegar ao hotel, fui recepcionado por um dos caras mais gente boa que pude conhecer em todo Marrocos. Ele era muito simpático, solícito, gente boa, sempre preocupado em me ajudar. Enfim, o árabe médio.
Ao me ver ele já puxou um mapa da cidade, começou a me explicar como funcionava Laayoune e como eram as pessoas de lá. Disse que a população de Laayoune, que fica no meio do deserto, durante milhares de anos foi nômade e dependeu muito da solidariedade alheia para conseguir um abrigo para uma noite, uma garrafa d´água, um lugar para os camelos descansarem e coisas assim. Por isso todos eram muito solidários por lá. Achei que isso era meio clichê, mas quando conheci o dono do hotel pude perceber que isso era verdade. Ele me disse que eu havia pago por um quarto pequeno de uma cama de solteiro, mas como o hotel não estava tão cheio, e eu era o seu convidado, eu poderia escolher qualquer quarto que ele iria me cobrar o preço que eu havia reservado. Parecia fazer isso sem nenhum interesse, mais pelo tipo de pensamento “pô, se tem um quarto melhor para ele ficar, porque eu vou deixar ele em um lugar menos confortável?”. Fiquei um pouco sem-graça, mas ele foi tão gente boa que não tive como não aceitar. Peguei um quarto no último andar, cama de casal e com uma boa vista de Laayoune.
No dia que eu tava para ir embora, ele tava lá na recepção. Perguntou-me onde eu ia e respondi que estava indo ao aeroporto. Ele não pensou duas vezes: “- Pô, tou aqui entediado sem fazer nada. Quer saber? Vou te levar para o aeroporto no meu carro. Precisa pagar nada não!”.
Ao forasteiro que aqui estiver lendo, se você por um acaso for a Laayoune, fica a dica, fique no Grande Care Hotel. Barato, boa localização, confortável e com um pessoal super agradável. Não tinha ar-condicionado, nem ventilador (eles me disseram que vão colocar lá em alguns meses, que o hotel é novo), mas vale pelo tanto que fui bem atendido. Além de tudo, é a vinte minutos caminhando do aeroporto e em frente a nova estação de ônibus que irão inaugurar na cidade. Tema do próximo post.
Na porta do hotel já havia um carro da ONU estacionado, mostrando mais ou menos como seria a realidade da cidade.
Avião da ONU no aeroporto de Laayoune
Gostou do post? Então curta nossa página no www.facebook.com/omundonumamochila para sempre receber atualizações.
Quer entrar em contato direto com o autor ou comprar um livro? Clique aqui e tenha acesso ao nosso formulário de contato!
Quer receber as atualizações direto no seu e-mail? Cadastre-se na nossa mala direta clicando na caixa “Quero Receber” na direita do blog
Se gostou das fotos, visite e siga nosso Instagram para sempre receber fotos e causos de viagens: www.instagram.com/omundonumamochila

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s