É SEGURO VIAJAR NO PAQUISTÃO? ENCONTRANDO O ZAFAR, COUCHSURFER PAQUISTANÊS E A MESQUITA DE BADSHAHI

Como tudo o que você encontra sobre o Paquistão na internet fala sobre morte, estávamos um pouco preocupados em viajar para lá. Se fosse eu sozinho, tudo bem, dava um jeito, o problema é que eu estava com Bruna, o que me deixava ainda mais preocupado. Um amigo diplomata chegou a me passar o contato de outro diplomata que morava no Paquistão e ele nos tranquilizou bastante sobre o que encontraríamos por lá, mas o que mais me tranquilizou mesmo foi o contato de um couchsurfer de Lahore que um francês que conheci na Tunísia me forneceu (se liga na corrente, um francês que conheci na Tunísia me deu o contato de um couchsurfer do Paquistão). Zafar, o nome do couchsurfer paquistanês, foi superpaciente em responder todas minhas perguntas (assim, a mais de boa era do nível “vão nos sequestrar se formos a Lahore? ”) e se prontificou a nos encontrar quando chegássemos.

Fomos encontra-lo e fazer um passeio. Zafar era uma pessoa muito gentil. Era formado em Ciências da Computação na Inglaterra e um cara de grande inteligência. O que mais me impressionava era o tanto que o rapaz era apaixonado pelo Paquistão. Ele nos levou para dar um passeio pelo centro medieval de Lahore e na Mesquita de Badshahi, a principal atração de Lahore.

A Mesquita foi construída em 1673 e por 313 anos foi a maior mesquita de todo o mundo, só sendo superada por outra também no Paquistão, porém em Islamabad. É uma coisa grandiosa, impressionante, indescritível, daquele tipo de coisa que vale a pena você cruzar o mundo inteiro só para conhece-la. Como era aniversário da Bruna, aproveitamos e fomos jantar no teto de um restaurante que dava de frente para a Mesquita. Muito IRADO!


Cara cantando feliz aniversário para a Bruna

Nos impressionou o quanto que Zafar era apaixonado por Lahore e pelo Paquistão. Cara, você não via ele falar uma palavra ruim sobre o local. Era uma cidade mais pobre que a grande maioria das metrópoles brasileiras e ele lá, apaixonado apresentado a cidade dele para a gente. Serviu de lição para a gente que geralmente não dá valor para o lugar onde vive…

 

É SEGURO VIAJAR NO PAQUISTÃO?

Daí vem a pergunta que eu fazia e que tenho certeza que muita gente deve se fazer. Viajar no Paquistão, pelo menos em Lahore, é EXTREMAMENTE seguro. O máximo que pode acontecer é você ser parado diversas vezes por populares querendo conversar com você, querendo te ajudar, querendo te conhecer o que demonstra o que eu sempre falo, quanto mais fechado o país, mais gentis são as pessoas para com a gente.

E, mais uma vez, me senti como se estivesse viajando com o Cristiano Ronaldo ou o Messi devido ao tanto de gente que pedia para bater foto com a Bruna. Cara, mas era toda hora. As pessoas eram extremamente educadas e quando eram homens, eles nem chegavam perto dela em respeito (ou receio). Na verdade, era até engraçado. Bruna perguntava as coisas e os caras sempre respondiam para mim.

Antes de viajar ao Paquistão, fiquei mais tranquilo quando falei com o Zafar, mas depois lembrei do que estavam falando do Rio durante a Copa e as Olimpíadas e pensei que talvez lá não fosse tão ruim assim.

1

Agora, isso sim, eles têm armas por tudo que é lado, porém em momento algum nos sentimos inseguros.

Achávamos que iríamos chegar em um lugar todo bagunçado e caótico como Bangladesh e acabou que Lahore se mostrou uma cidade mais limpa e organizada que a grande maioria das cidades que viajei pela Índia.

11
Geral cercando a Bruna para bater foto

15

16
Galera treinando para algo como uma luta livre paquistanesa, um dos esportes mais tradicionais do país. Repare no menino fazendo algo parecido com uma flexão na direita

83

 

4
Guardinha com uma AK no colo
5
Toda hora paravam a gente para bater foto com Bruna
Gostou do post? Então curta nossa página no www.facebook.com/omundonumamochila para sempre receber atualizações.
 
Quer entrar em contato direto com o autor ou comprar um livro? Clique aqui e tenha acesso ao nosso formulário de contato!
 
Quer receber as atualizações direto no seu e-mail? Cadastre-se na nossa mala direta clicando na caixa “Quero Receber” na direita do blog
 
Se gostou das fotos, visite e siga nosso Instagram para sempre receber fotos e causos de viagens: www.instagram.com/omundonumamochila

Um comentário em “É SEGURO VIAJAR NO PAQUISTÃO? ENCONTRANDO O ZAFAR, COUCHSURFER PAQUISTANÊS E A MESQUITA DE BADSHAHI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s