ARMÊNIOS E SUAS PECULIARIDADES

Fomos a diversos museus que, ao contrário da Ucrânia e de Belarus, traziam várias informações em inglês. Só o ouro! Inclusive em um dos museus de Yerevan guarda o sapato mais velho já achado até hoje, ele tem 6.000 anos de idade! Doido demais!

Primeiro que eu fiquei impressionado como os armênios são uma civilização milenar. A gente escuta falar pouco deles no Brasil (ah não ser quando se trata de vendedor de sapatos). Eles tem mais de 3.000 anos de histórias e são muito orgulhosos de falar que sua capital, Yerevan, foi fundada 29 anos antes do que Roma. Como eles conseguem mensurar com tanta precisão a fundação de Roma e Yerevan, eu não sei. Mas sim, eles falam isso de dois em dois minutos. Possuem também língua própria e alfabeto próprio, que só existe lá. Além de religião própria, como vou explicar posteriormente.

Devido as diversas diásporas ocorridas durante a sua história, há mais armênios hoje fora da Armênia do que dentro. O país é bem isolado economicamente já que além de não possuir mais saída alguma para o mar, tem as fronteiras fechadas com a Turquia (por causa do genocídio armênio promovido pelos turcos) e com o Azerbaijão (devido a massacres contra os azeris realizados pelos armênios o qual vou explicar no post sobre o Azerbaijão. Inclusive quem já viajou a Armênia teoricamente pode ter problemas para ir ao Azerbaijão). Assim, a Armênia só tem relações com dois dos quatro países os quais tem fronteira. Dessa forma, sua economia é fortemente ligada aos russos que inclusive vetam qualquer acordo que a Armênia queira realizar com a União Europeia.

Uma outra coisa que me impressionou sobre o país é que ainda que ele seja montanhoso, a 4G funcionava muito bem por lá. Na verdade, na verdade, funcionava bem mesmo nas auto estradas e rodovias, enquanto no Brasil a TIM não funciona dentro da sua casa.7

8
Yerevan vista de cima

9

10
Essa foi a aglomeração que fizeram em Yerevan para galera ver os jogos da Copa

11

12
Esse aí é uma brincadeira que a galera tinha lá na Armênia em frente a um ponto turístico. Você tinha que jogar pedras naqueles buracos e a pedra tinha que ficar lá. Pode parecer que não, mas era bem difícil e a criançada ficava bem doida tentando conseguir

31

Gostou do post? Então curta nossa página no www.facebook.com/omundonumamochila para sempre receber atualizações.
Quer entrar em contato direto com o autor ou comprar um livro? Clique aqui e tenha acesso ao nosso formulário de contato!
Quer receber as atualizações direto no seu e-mail? Cadastre-se na nossa mala direta clicando na caixa “Quero Receber” na direita do blog
Se gostou das fotos, visite e siga nosso Instagram para sempre receber fotos e causos de viagens: www.instagram.com/omundonumamochila

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s